7/10
Arctic Monkeys – The Car (2022)

Não sendo um herdeiro directo de Tranquility Base Hotel & Casino, o sétimo longa duração da banda vem reforçar, de forma sumptuosa, a direcção menos rock and roll que a banda tem vindo a preconizar.

7.5/10
Julia Jacklin – PRE PLEASURE (2022)

Julia Jacklin é a prova de que meninas de colarinho rendilhado e risco ao meio, de alma doce e sensível, podem fazer rock. Não só podem, como o fazem bem e merecem todo o espaço para o fazer ouvir.

8/10
Beth Orton – Weather Alive (2022)

O oitavo disco de Beth Orton, Weather Alive, é triste e contemplativo. Como quem olha pela janela e se perde na chuva.

8/10
Filho da Mãe – Terra Dormente (2022)

O dedilhado começa nervoso, inquieto o suficiente para que o som de uma guitarra possa parecer um ensemble alargado, para que Filho da Mãe não pareça música de um homem só de volta das suas seis cordas. A guitarra elétrica entra depois, a fazer companhia.

7.5/10
Mário Laginha – Jangada (2022)

Já lá vão 15 anos desde a edição de Espaço, doze passados da apresentação de…

7.5/10
João Paulo Esteves da Silva + Cristina Branco – Amoras numa tarde de Outono (2022)

Recantos de Portugal ressoam neste precioso disco onde unem esforços os dedos de João Paulo…

7.5/10
Club Makumba – Club Makumba (2022)

Um belo disco instrumental, que evoca África a partir de Lisboa, habitando o espaço deixado…

8/10
Papillon – Jony Driver (2022)

Papillon tem uma relação privilegiada com as palavras. Com a sua forma, sonoridade e sentido.…

9/10
Kevin Morby – This Is a Photograph (2022)

Kevin Morby é um artista crescido. Com sete álbuns lançados em nome próprio, Morby continua…

8/10
Weyes Blood — And In The Darkness, Hearts Aglow (2022)

Do primeiro ao último tema, Weyes Blood recupera, como só ela sabe, sonoridades da década…

7.5/10
Ricardo Toscano Trio – Chasing Contradictions (2022)

Ricardo Toscano mantém o nível a que nos habituou, variando, experimentando, mas sempre focado no…

9/10
Ana Moura – Casa Guilhermina (2022)

Há quem ache que a tradição é lei e que desrespeitá-la é crime grave. Depois…

7.5/10
Bill Callahan – YTI⅃AƎЯ (2022)

O bom cowboy de Maryland voltou aos discos e aos disparos certeiros sobre a realidade dos nossos tempos. Por isso, resolveu invertê-la, para a entendermos melhor. YTI?A?? oferece-nos 12 bonitos temas sobre pessoas, animais, planetas e almas nuas.

8.5/10
Amélia Muge – Amélias (2022)

O novo álbum de Amélia Muge, Amélias, é uma bonita homenagem ao canto entre mulheres.

8/10
Surma – Alla (2022)

Cinco anos depois de Antwerpen, Surma chega para nos dar Alla. Vem com muitos e bons amigos, mas com a criatividade e inquietação de sempre. 2022 termina muito bem com a pluralidade de Alla e de Surma.

8/10
Éme e Moxila – Éme e Moxila (2022)

Éme e Moxila, o primeiro álbum em dueto de João Marcelo e Mariana Pita, é sem dúvida um dos acontecimentos mais inspiradores de 2022.

7.5/10
Golden Slumbers – I Love You, Crystal (2022)

O segundo álbum das Golden Slumbers, I Love You, Crystal, solta-se da camisa-de-forças do puro folk, abrindo-se ao indie e à dream pop.

8/10
Porridge Radio – Waterslide, Diving Board, Ladder To The Sky (2022)

As Porridge Radio foram rápidas a voltar aos discos, após um muito bem conseguido Every…