Alexandre Pires
685 Articles0 Comments

Nasci em terras de Vera Cruz, decorria ainda a década de 70. De pequenino me apercebi que estava destinado a grandes feitos e quis desde logo deixar a minha marca, começando por atravessar o Atlântico a nado. Dessa experiência guardo sobretudo água salgada nos ouvidos, água essa que me impediu de dar ouvidos ao meu pai que queria fazer de mim engenheiro. Hoje, quando me perguntam a profissão, não sei o que responder. Tenho vários chapéus que vou usando consoante a ocasião, desde economista proeminente a futebolista de sonho, de crítico de música amador a empreendedor visionário, de tenista de meia tigela a DJ concorrido, de amante cinéfilo a pai dedicado.

“Menina Azul” – Ena Pá 2000

Será que Manuel João Vieira quando era garoto lia os Smurfs e quis assim vivenciar o seu amor platónico pela Smurfina em “Menina Azul”? Nunca saberemos, sabemos apenas que se trata de um ode ao amor que, a meio, se…

“Conan, o Homem-Rã” – Irmãos Catita

A saga de Conan é única e merece ser ouvida com toda a atenção por todos. Sempre tive isto em mente e como tal tomei em braços a missão de espalhar pelos quatro ventos a epopeia de Conan, cantando e…

Ena Pá 2000 – Opus Gay (1997)

Chegados a 1997, o fenómeno underground Ena Pá 2000 já era muito pouco underground. Mesmo sem rádio ou televisão a ajudar, os concertos em Queimas de Fitas e bares de Lisboa – como o Ritz e A Barraca – eram…

“Vida de Cão” – Ena Pá 2000

“Nós não queremos que as pessoas em Portugal tenham uma vida de cão, nós queremos que as pessoas em Portugal tenham uma vida de pessoa” – assim arrancam os Ena Pá 2000 para esta semi cover super groovy de “Sex…

Playlist da Semana: Convosco, os Ena Pá 2000!

Temos a honra de apresentar os grandes, os magnânimos, os incríveis e irrestíveis, os garbosos e vigorosos, Ena Pá Doooooooooois Milllllllll!

Jorge Ben – África Brasil (1976)

De entre a incrível lista de discos históricos que Jorge Ben lançou, África Brasil representa um marco incontornável. África Brasil é o décimo quarto álbum do carioca Jorge Duílio Lima Meneses, um dos maiores ícones da música brasileira (e, quiçá,…

Hurray for the Riff Raff – LIFE ON EARTH (2022)

Nome complicado de dizer, música simples de digerir e conquistar – assim podem ser descritos os Hurray for the Riff Raff. É um daqueles fenómenos que parece já não ocorrer hoje em dia – com tantos canais de onde podem…

Angel Olsen || Capitólio: A arte da sedução em todo o seu esplendor

Um Capitólio a suster a respiração, em silêncio, a levitar durante hora e meia – assim foi a noite passada perante uma entidade com nome divino, que nos faz esquecer os problemas terrenos e fúteis do dia a dia. Angel…

“Na boca do Sol” – Arthur Verocai

Trabalhou como arranjador de discos e apresentações de diversos cantores, tais como Ivan Lins, Jorge Ben Jor, Gal Costa, Erasmo Carlos, Célia e Marcos Valle – Arthur Verocai, o Nick Drake brasileiro lançou um disco tremendo, homónimo, em 1972, que…

Erasmo Carlos – Carlos, ERASMO… (1971)

Um disco com mais de cinquenta anos e que permanece fresco e fofo como poucos, Carlos, ERASMO… é um dos pontos altos da música feita em terras de Vera Cruz. Na minha infância um dos momentos altos lá em casa…

“Balada do Louco” – Os Mutantes

Retirada do disco Mutantes e seus Cometas no País dos Baurets, de 1972, este tema é uma ode à loucura, e uma crítica directa à intolerância pelo que é diferente e não normal. Após arranque com uma bela melodia ao…

“Janta” – Marcelo Camelo (ft. Mallu Magalhães)

Uma delícia de canção, que nos entra pelo ouvido e chega até às pontas dos pêlos dos braços, arrepiados que ficam com a emoção que nos invade ao escutar “Janta”. Retirada do disco de estreia a solo de Marcelo Camelo…

“Hey Boy Hey Girl” – Chemical Brothers

Os Chemical Brothers encerraram o palco principal no dia 1 do Kalorama com uma epopeia visual e sonora, cujo único objetivo foi levar os pés a mexer, as mãos perdidas no ar e as almas ao rubro, e nada como…

“Galaxy” – Bruno Pernadas

Uma coisa é certa: se o fenómeno Pernadas só por si valia a pena marcar presença, a explosão final com “Galaxy” foi, sem dúvida, um dos grandes momentos do MEO Kalorama.

“Witches” – Alice Phoebe Lou

O ponto alto do excelente concerto de Alice Phoebe Lou no recente Kalorama foi este “Witches”. Pôs todos a saltar, numa alegria contagiante, energética e rebelde que só pode vir do rock ‘n roll.

Interpol – The Other Side of Make-Believe (2022)

Sétimo disco da banda nova-iorquina, The Other Side of Make-Believe é melhor que os anteriores, mas ainda assim distante dos anos de pico dos Interpol. A pergunta que se impõe é fácil de colocar – quem é que ainda vai…

“Brandy Alexander” – Feist

Há coisas que não precisam palavras e a simplicidade desta canção é arrebatadora.

“A More Perfect Union” – Titus Andronicus

Sim, 2010 já lá vai, mas volta e meia revisito os Titus Andronicus, mais especificamente o seu disco The Monitor. “A More Perfect Union” é o píncaro do disco, com as suas paragens e avanços, riffs imponentes, sete minutos de…