7.5/10
Minta & The Brook Trout – Demolition Derby (2021)

Os Minta & The Brook Trout regressam com a delicadeza pop a que nos habituaram, um bálsamo em tempos confusos

Superwolves
8/10
Matt Sweeney & Bonnie Prince Billy – Superwolves (2021)

Superwolves é um disco íntimo e especial, das penas dos amigos Bonnie Prince Billy e Matt Sweeney.

7.5/10
SPIRIT OF THE BEEHIVE – ENTERTAINMENT, DEATH (2021)

ENTERTAINMENT, DEATH, quarto álbum dos SPIRIT OF THE BEEHIVE, oscila entre insanidade e delicadeza, eletrónica e psicadelismo, ácidos e sonolência.

8/10
King Gizzard and the Lizard Wizard – L.W. (2021)

L.W. é mais um óptimo disco a provar que os King Gizzard são a banda rock mais excitante da actualidade.

4/10
Matt Martians – Going Normal (2021)

O título do novo disco do teclista e produtor californiano é uma infeliz premonição. Matt…

7/10
David & Miguel – Palavras Cruzadas (2021)

Atire a primeira pedra quem nunca sofreu por amor. O sofrimento não acaba, mas tem cura. A música é a solução.

8.5/10
Bruno Pernadas – Private Reasons (2021)

A primeira coisa que nos apraz referir é que Private Reasons é um disco intrinsecamente pop.

7.5/10
Dry Cleaning – New Long Leg (2021)

Tal como aconteceu com os Black Country, New Road, com os black midi, com os Sons of Kemet, The Comet is Coming, também urge dar atenção de ouvido aos Dry Cleaning.

7/10
Nick Cave & Warren Ellis – Carnage (2021)

Cave pega no discurso musical dos seus discos anteriores, mas recupera um pouco do perigoso…

Arlo Parks - Collapsed In Sunbeams capa
7.5/10
Arlo Parks – Collapsed In Sunbeams (2021)

Arlo Parks dá voz à sua geração, por meio de ritmos suaves e uma forma…

Feu! Chatterton
8.5/10
Feu! Chatterton – Palais d’Argile (2021)

Os franceses Feu! Chatterton fizeram um álbum tão repleto de predicados, que é difícil imaginar ter entre mãos algo assim tão extraordinário.

9/10
Floating Points, Pharoah Sanders & London Symphony Orchestra – Promises (2021)

Algo divino diz-nos que Promises vai ficar para a posterioridade.

7.5/10
Shame – Drunk Tank Pink (2021)

Drunk Tank Pink é uma catarse coletiva ao som de um álbum Rock como deve ser.

7/10
Sweet Psychedelics – Sweet Psychedelics (2020)

Do Brasil chega-nos uma pérola de pop plácida e elegante, com a “nossa” Eugénia Melo e Castro.

7/10
Beautify Junkyards – Cosmorama (2021)

Quarta viagem cósmica de uma banda que soa cada vez mais segura do seu caminho.

8.5/10
Cassandra Jenkins – An Overview on Phenomenal Nature (2021)

A delicadeza de An Overview on Phenomenal Nature é transcendental, se a deixarmos entrar pelos nossos poros dentro seremos, garantidamente, pessoas melhores no fim da experiência.

9/10
Yu Su – Yellow River Blue (2021)

Yellow River Blue é um álbum que apresenta traços urbanos e características naturais em simultâneo.

8/10
Luta Livre – Técnicas de Combate (2021)

A Luta Livre, o histórico Luís Varatojo incentiva à revolução, mas cheio de swing e boa onda.