Carlos Lopes
643 Articles9 Comments

O autor destas linhas tem já idade para ter (algum) juízo, e isso deve notar-se, assim o espero. Os seus gostos variam, como será fácil perceber. Para além da paixão pela música, o escriba deste texto é professor de Português e Literatura Portuguesa, e é assim que ganha a vida. Com a música ganha o céu, o que já não é pouco. Tem um blog há já seis anos (http://i-blog-your-pardon.blogspot.pt/) onde escreve alguma coisa para pouca gente ler.

Chico César em concerto em Lisboa a 29 de Setembro

É já esta semana, quinta-feira, dia 29, que o músico brasileiro Chico César atuará em Lisboa, no Cineteatro Capitólio, no Parque Mayer.

“Retalhos” – Alcione

A vida como ela é! A letra de “Retalhos” remete para a realidade nua e crua da existência. É uma enorme e mítica canção. Um samba eterno da eterna Alcione. “São coisas do mundo” e “de qualquer lugar”.

Caetano Veloso – Outras Palavras (1981)

Outras Palavras foi o primeiro Disco de Ouro da carreira de Caetano Veloso, e percebe-se facilmente a razão: é um tremendo álbum, repleto de clássicos e de amor em forma de sons e palavras, de outras palavras, entenda-se.

“Tudo Vale a Pena” – Pedro Luís e A Parede (com Fernanda Abreu)

“Tudo Vale a Pena” é um tema maravilhoso. Mexe com quem o ouve até ao osso. Repleta de ginga, a canção de Pedro Luís e A Parede traz a voz de Fernanda Abreu para ficar ainda melhor.

“Meu Amor Meu Bem Me Ame” – Zeca Baleiro

“Meu Amor Meu Bem Me Ame” é uma canção perfeita. Ouça-a com muita atenção e ficará com ela até ao fim do dia.

Especial Música Popular Brasileira

Mais um Especial Altamont! Como tantos outros, durará duas semanas e por aqui aparecerão mais de duas dezenas de textos. A não perder, pois claro, até porque é um Especial bem especial!

Playlist da Semana: Especial MPB

O Brasil comemora os 200 anos da sua independência, e nós comemoramos o grande amor que temos pela sua música, pela sua gente, pela sua identidade tão plural. Artisticamente falando, a música popular brasileira é das melhores do mundo, pelo que comemorar os seus músicos e os seus álbuns será sempre motivo de festa.

Pram – The Museum of Imaginary Animals (2000)

The Museum of Imaginary Animals é um disco em vias de extinção. Já não se fazem discos assim, nem há muitas bandas como os Pram. Temos de cuidar de quem exige cuidados. Temos de amar este disco e esta banda.…

Mike Oldfield – Ommadawn (1975)

Ommadawn é um dos mais delicados discos de Mike Oldfield, e também o seu terceiro longa duração. Traz a surpresa da voz do músico inglês, e mantém-se como um dos melhores momentos da sua extensa discografia. Para as novas gerações,…

Salma e Mac – Entrevista

Desde há muito que o Altamont tem dado o devido destaque à banda brasileira Carne Doce nas páginas deste site. Fomos percebendo e entendendo a sua evolução, o seu crescimento, a forma como se foram transformando num projeto vigoroso e…

Salma e Mac – Voo Livre (2022)

Salma e Mac estão de regresso. Como dupla, o casal Carne Doce apostou em caminhos acústicos, em ambientes pop sensuais e tropicais. E vão deixar “marquinha” em muitos de nós. Isso é garantido! O disco cheira a “sol e mar”…

XTC – Mummer (1983)

Com Mummer, os XTC chegavam ao seu sexto disco de originais. O novo som da banda não colheu os frutos desejados, mas o tempo far-lhe-á justiça: é um enorme álbum, disso não temos dúvidas. A vida não andava fácil para…

Gilberto Gil – Expresso 2222 (1972)

Há que comemorar o álbum Expresso 2222 . Ele faz 50 anos e o seu autor, Gilberto Gil, conta já com mais trinta. Dois números de peso que cimentam um disco, uma carreira e um músico de exceção. Andamos sempre atentos a…

Panda Bear & Sonic Boom – Reset (2022)

Noah Lennox voltou aos discos e veio na companhia de Peter Kember. O mesmo é dizer que Reset, o álbum, resulta das mentes criativas de Panda Bear e de Sonic Boom. E resulta airosamente bem.

Goldfrapp – Felt Mountain (2000)

Um disco que é um exercício de hipnotismo, repleto de coisas boas, estranhas, suaves, mas inquietantes também. Uma banda sonora de um filme que nunca existiu. Elegante e frágil ao mesmo tempo. Uma pequena obra-prima de sedução sonora. De início,…

Jorge Ben Jor || EDP Cool Jazz 2022

Coube a Jorge Ben Joe colocar um ponto final à décima sétima edição do EDP Cool Jazz. O regresso de um dos grandes mestres da MPB fez-se com alguns problemas de som, mas a festa soou bem. “Salve Jorge”, nosso “irmão de cor”!

Jorge Ben Jor está a chegar! Uma playlist para preparar a festa

O artista carioca é um dos maiores astros da música popular brasileira de todos os tempos, pelo que o Altamont, em honra do seu nome e do seu trajeto ímpar como cantor e compositor, resolveu antecipar um pouco o concerto do EDP Cool Jazz.

Jordan Rakei || EDP Cool Jazz 2022

A sexta noite do EDP Cool Jazz de 2022 apresentou vários motivos de interesse. Os três concertos foram, de facto, interessantes e, à sua maneira, cada um dos artistas foi agradavelmente cool. Nem sempre assim acontece, mas as escolhas para…