Rabih Abou-Khalil – Songs For Sad Women (2007)

O momento político que atravessamos é espesso. Não se antevêem unanimidades, acordos tácitos nem muito…

Jarvis Cocker – Jarvis (2006)

Os Pulp foram uma das melhores bandas da chamada britpop, e provavelmente aquela que mais…

Mare – Mare (2004)

Um dia, há muitos anos, fiz uma lista das bandas que teria obrigatoriamente de ver…

Interpol – Turn on the Bright Lights (2002)

O post-punk revival, em ascensão quando da concepção da banda, fim de século, distribuía sarcasticamente…

Bernardo Sassetti – Alice (2005)

Pontilhados de amor, melancolia, paixão ou esperança fluem no ar. Pontas dos dedos libertam gotas…

Róisín Murphy – Ruby Blue (2005)

Ruby Blue é o primeiro álbum a solo de Róisín Murphy, que conhecemos primeiramente como…

The Libertines – The Libertines (2004)

The Libertines conta-nos a história de amor-quase ódio (porque nunca o chega a ser) por…

Lorde – Pure Heroine (2013)

O álbum é de 2013 e eu já devia ter escrito sobre ele há muito…

Real Estate – Atlas (2014)

Os Real Estate são uma adorável banda de New Jersey, que não soa nada a…

Benjamin Biolay – Rose Kennedy (2001)

Não deve ser fácil carregar às costas o peso de uma antiga e forte tradição…

Pixies – EP 2 (2014)

A vida dos Pixies tem sido tudo menos linear. Depois de anos de amargo afastamento,…

Gorky’s Zygotic Mynci – Sleep / Holiday (2003)

Fui atraído pelo exótico nome da banda, e ainda bem que assim aconteceu. O primeiro…

The Coral – The Coral (2002)

Caíram como uma bomba, e durante algum tempo foram considerados a next big thing do…

Monte Lunai – In Temporal (2009)

O pop rock anglo-saxónico, que tanta boa música nos dá, tem um antipático lado negro:…

Sérgio Godinho – Caríssimas Canções (2013)

Dos 17 discos de originais editados por Sérgio Godinho (SG) desde 1971, tenho 14. Faltam-me…

Koudlam – Goodbye (2009)

Poderá muito bem ter as suas raízes espalhadas por infindáveis territórios artísticos. Quiçá na Commedia…

Beautify Junkyards – Beautify Junkyards (2013)

Este disco já anda em vários meses em rotação e, no meio da enxurrada de…

Blondie – The Curse Of Blondie (2003)

De toda a discografia dos Blondie, este é o único álbum que nunca consegui digerir…