Diogo Lopes
109 Articles3 Comments

Era uma vez um puto gordo que não se safava bem a jogar à bola e que foi descobrindo na música um sítio onde podia comer as bolachas todas que quisesse sem nunca sentir-se impedido de viver como todos devem: completos. Alguns aninhos depois, com a fase "chubby" bem guardada em fotografias antigas e calças de pijama estupidamente grandes, continua a encontrar na música o fulgor de se viver com o coração à flor-da-pele. Tudo o resto são aventuras, gargalhadas e disparates.

“Septembre” – Barbara

É uma voz francesa clássica e não há margem para dúvidas, pronunciando cada palavra com todas as suas letras, canta-nos ao ouvido. Nascida Monique Andrée Serf, adoptou Barbara Brodi como nome artístico que usava para assinar as suas letras e…

“Damaged Goods” – IDLES, Gang of Four

Ninguém melhor para levar o post-punk dos Gang of Four ao limite que os IDLES. Editada ainda este ano, a compilação The Problem of Leisure: A Celebration of Andy Gill and Gang of Four está recheada de pérolas, mas nenhuma…

“Naranjita” – Manduka

Um brasileiro com sotaque chileno ou um chileno com raízes cariocas, como preferirem. É assim Manduka – ou melhor, Alexandre Manuel Thiago de Mello. Este músico e compositor mudou-se com a família para o Chile com apenas 18 anos e…

“On A Desert Isle” – C.W. Stoneking

Como é que se consegue parecer um inconfundível músico de blues de um qualquer estado agrícola no sul dos EUA sendo, na realidade, um jovem australiano? Stoneking lá saberá. A sua música vem com um copo de bourbon e uma…

Playlist da Semana: Olhar para as estrelas

Há quanto tempo não para para olhar para o céu, com a noite já instalada, a ver as estrelas a piscar? Para ajudar a puxar pela imaginação, nesta vai encontrar uma enorme seleção de canções, essencialmente instrumentais, que vão do…

“Smoke Rings” – Sam Coooke

Aí está! Não olhem para o que o relógio diz, sirvam-se de um uísque, puxem um cigarro e deixem o Sam Cooke falar. “Smoke Rings” é o fumador costuma fazer em momentos de introspecção ou quando tenta impressionar alguém, daí…

“Mona Ki Ngi Xica” – Bonga (Pablo Fierro remix)

Pablo Fierro é um tipo talentoso que gosta de remisturar canções. Tem a escola dos seus compatriotas da eletrónica, John Talabot e Pional, mas com os olhos na pista de dança.

“Tick Tock” – Joji

Parece nome de Pokémon mas Joji é sinónimo de um dos miúdos mais talentosos da nova cena do hip-hop nos Estados Unidos. É indie suficiente para ainda passar mais ou menos despercebido nos olhos de muita gente mas tem lá…

“Slumlord” – Baxter Dury

Sonoridades electrónicas retro-fixes? Estão lá. Baixo a rodos? Também. A voz de um anjo que fuma três maços por dia? Check. Está lá tudo em Baxter Dury.

“Come Softly To Me” – The Fleetwoods

Os Fleetwoods sussurram-nos ao ouvido e as luzes quase que se apagam na hora e começamos a sentir um conforto que dá vontade levitar.

“(You Don’t Know) How Glad I Am” – Nancy Wilson

A simples e bonita letra desta canção fala-nos de estar atascado de amor, quase a sufocar, mas feliz da vida, ainda assim.

Playlist da Semana: Covers e versões

Na lista desta semana passamos a pente fino as mais inusitadas e surpreendentes covers e versões que andam por aí. Avance sem medos.

“Um Girassol da Cor do Seu Cabelo” – Lô Borges

O apogeu na forma de uma linha de guitarra e outra de baixo, pozinhos extra que se juntam ao coro e à melodia inicial. Perfeito.

“Tearjerker” – Jarvis Cocker / Chilly Gonzales

“Tearjerker” é o exemplo perfeito de que quanto mais simples, melhor.

“Ladyfingers” – Herb Alpert’s Tijuana Brass

“Ladyfingers” é sinónimo de boa vida.

“Czech One” – King Krule

Não dá para não ouvir em repeat à noite, quando a casa está vazia e só se sente o vazio.

Playlist da Semana: Dolce Fare Niente

Vistam o vosso melhor fato ou vestido às bolinhas, peguem nas chaves de um qualquer pequeno descapotável vermelho, e sigam de cabelos ao vento.

“ICE BOY” – Corbin

Do fundo de uma sala escura, Corbin carregou no rec. e desabafou todas as dúvidas e incertezas que o amor lhe tinha causado.