Mafalda Piteira de Barros
120 Articles0 Comentários

Não, não sou jornalista. Sou apenas uma amante da Música, em quase todos os seus géneros, a quem desafiaram para colaborar neste bonito blog. Nasci em 1983, estudei 9 anos na Academia de Música de Santa Cecília, tive aulas de violino e guitarra, fiz parte de um coro… mas o que eu gosto mesmo é de concertos e música ao vivo, festivais de verão, buscar e descobrir boa música e de emocionantes serões de Band Hero! Na minha mala encontram-se sempre fones e pelo menos um dispositivo pronto a tocar… mais recentemente descobri a Fotografia e a mala ficou ainda mais pesada!

“Stay Alive” – José Gonzalez

“Dawn is coming. Open your eyes. Look into the sun as the new days rise.”

“Volta” – O Terno

Sempre um prazer voltar a’O Terno.

“We Don’t Deserve Love” – Arcade Fire

Um momento que ganha pela simplicidade, certa no tempo, nos acordes, nas harmonias, na voz de esperança de Régine e no falsete de Will.

“Quando Bate Aquela Saudade” – Rubel

O tema “Quando Bate Essa Saudade” viajou viralmente pelo mundo.

“What The World Needs Now” – Cat Power

Amor nunca é demais. “What The World Needs Now” é um clássico intemporal, válido para todos os tempos e principalmente em tempos de confinamento.

Playlist da Semana: Confinamento à janela

Um sortido musical para uma primavera congelada, à janela. Para ouvirmos agora e depois, quando o sol vier em força e o mundo voltar lá fora.

Sufjan Stevens & Lowell Brams – Aporia (2020)

Aporia  é uma paisagem sonora inspirada no New-Age, que teve origem em jam sessions nocturnas de várias horas, levadas a cabo pelo duo. Uma obra de amor entre padrasto e enteado, sem canções memoráveis, mas ambiciosamente brilhante.

Salvador Sobral – Paris, Lisboa (2019)

Em Paris, Lisboa há música essencialmente estruturada a partir do jazz.

“Wide Awake” – Audioslave

Foi escrita em reacção da passagem do Furacão Katrina pelos Estados Unidos da América.

“Idioteque” – Radiohead

A intenção de Thom York em alertar-nos para a temática do clima e do aquecimento global é clara como a água deveria ser.

“Down To Earth” – Peter Gabriel

“Down to Earth” já tem dez anos, mas torna-se cada vez mais pertinente, à medida que os anos passam e que nós humanos avançamos no capitalismo.

“Hard Sun” – Eddie Vedder

O resultado de “Hard Sun” foi tão inesperadamente bom, que Eddie Veder acabou por compor toda a banda sonora para o filme.

“Mother Earth” – Neil Young

As preocupações ambientais sempre fizeram parte do reportório musical de Neil Young.

Playlist da Semana: Mother Earth

Uma playlist que vem lembrar as coisas boas da mãe natureza e do planeta Terra.

“Me and Bobby McGee” – Janis Joplin

Esta versão, interpretada por Janis Joplin, foi gravada dias antes da sua morte, aos 27 anos – aniversário trágico para tantos ícones musicais – e lançada postumamente no seu álbum Pearl (1971).

“Girl, You’ll Be a Woman Soon” – Urge Overkill

Uma das canções que mais se destaca da banda sonora de Pulp Fiction (1994), a versão de Urge Overkill foi originalmente gravada para o EP de 1992, Stull.

“Take Me To The River” – Talking Heads

Uma versão co-produzida com Brian Eno, que acabou mais reconhecida e escutada do que a versão original de Al Green.