Sérgio Godinho celebra 75 anos em palco

No próximo dia 31 de Agosto, Sérgio Godinho festeja o seu 75º aniversário na companhia de amigos e fãs no palco do Teatro Maria Matos.

Banda do Casaco – Dos Benefícios Dum Vendido no Reino dos Bonifácios (1975)

Em 1975 os ambientes progressivos alastravam pelo país. Dos Benefícios Dum Vendido no Reino dos Bonifácios é surrealista, pop e profundamente português.

Clã – Véspera (2020)

Véspera mostra a mestria e o bom gosto do conjunto, num trabalho para ser apreciado mais com a cabeça do que com a cintura ou o coração.

“L’Anamour” – Sérgio Godinho

Uma ponte entre um dos maiores autores franceses e um dos maiores autores portugueses, unidos pela música e pelo amor às palavras.

“Quimera do Ouro” – Sérgio Godinho

A Quimera do Ouro é uma encantadora canção de amor que nos faz sonhar com alguém a sussurrar-nos um quero tudo ao nosso ouvido.

Os melhores discos nacionais de 2018

Os melhores discos nacionais de 2018. Encontramos jazz, instrumentais de viola e de piano, rock popular e rock’n’roll, revivalismo 80s e country de Bucelas.

“Dias Úteis” – Sérgio Godinho

Do álbum Domingo no Mundo, do final da década de 90, “Dias Raros” é uma daquelas canções que devemos ter sempre presente porque a “alegria é o que nos torna os dias raros”, não esquecer!

Sérgio Godinho – Nação Valente (2018)

No seu novo disco de originais, Sérgio apropria-se de músicas de outros, fazendo-as suas. O canibalismo compensa: Nação Valente é um dos melhores Godinhos dos últimos anos.

Sérgio Godinho & Orquestra Jazz de Matosinhos || Teatro Municipal São Luiz

Reportagem fotográfica do concerto de Sérgio Godinho, em Lisboa. O cantautor veio acompanhado da Orquestra Jazz de Matosinhos. 

Canção do dia: O Charlatão – Sérgio Godinho

Se ontem foi José Mário Branco a cantar uma faixa de Sérgio Godinho, hoje temos o inverso: a versão de “O Charlatão” que Godinho gravou para o seu álbum de estreia Os Sobreviventes. Editado em 1972 pela Guilda da Música,…

“Eh! Companheiro” – José Mário Branco

Além de ser importante pelo valor cultural que representa, “Eh! Companheiro” adensava então a lista de colaborações entre José Mário Branco e Sérgio Godinho, que emprestou as suas letras à voz que aqui se ouve.

Capitão Fausto – Capitão Fausto têm os Dias Contados (2016)

A música como escapismo nunca me disse nada. Enganar os tolos com pão e circo é um costume tão antigo como degradante. Se não for para mergulhar de cabeça na tragédia humana, então não vale a pena. Talvez por isso…

Reportagem: Jorge Palma e Sérgio Godinho || Coliseu dos Recreios

Eram 21h40 e já o público, que enchia o Coliseu, chamava por eles, quando a banda começou a entrar em palco. Soaram os primeiros acordes e um foco iluminou uma tela onde se adivinhavam as figuras dos protagonistas da noite,…

Canção do dia: Primeiro Dia – Sérgio Godinho

Hoje é o primeiro dia do resto de 2016. Boa razão, portanto, para que a Canção do dia seja esta. Sobretudo porque no início de cada ano desejamos sempre que esse venha a ser o melhor possível, sem problemas de…

Canção do dia: Dancemos no Mundo – Sérgio Godinho e Clã

Em 2003, Sérgio Godinho lançou O Irmão do Meio, um disco em que a reinterpretação de temas antigos foi feita em colaboração com vários artistas. Embora algumas colaborações tenham sido mais felizes do que outras, este é um álbum que…

Altamont Entrevista: Bernardo Barata

O mais provável é que já tenhamos ouvido o baixo dele, mesmo sem o saber. Além de baixista residente dos Diabo na Cruz, Bernardo Barata também foi membro dos (saudosos) Feromona, e tocou com inúmeros projectos nacionais, dos Oioai ao…

Reportagem: Super Bock Super Rock 2015 – Dia 2

Ao segundo dia de Super Bock Super Rock o público sai rendido. Os Blur de Damon Albarn e Graham Coxon estilhaçaram tudo à volta, não deixando reféns. Isto, aliado aos grandes concertos de Savages e a uns surpreendentes Bombay Bicycle…