7/10
Serge Fritz – gandulo (2022)

Serge Fritz é um projeto novo, tão a estrear que ainda temos de tirar o…

7.5/10
Fumo Ninja – Olhos de Cetim (2022)

Mais um belo projecto fruto de pandemia, Olhos de Cetim é a estreia dos Fumo…

José Mário Branco – FMI (1982)

O Maxi single de José Mário Branco, FMI, é um disco muito especial: sincero, vulnerável e profundamente humano.

Asimov lançam novo álbum a 14 de Maio na Chasing Rabbits Record Store

Os Asimov (heavy rock psicadélico na tradição dos Black Sabbath e dos Hawkwind) lançam o…

Fausto – A Preto e Branco (1989)

Em 1989, Fausto pega em poemas africanos e faz um disco que é uma terna e quente carta de amor aos seus tempos de Angola.

“A cantiga é uma arma” – GAC – Vozes na Luta

GAC – Um símbolo da música ao serviço da política popular.

“Inquietação” – JP Simões

Uma releitura pessoal de JP Simões, do excelente disco “1970”. Mais uma oportunidade e uma nova vida, para uma nova geração, de um tema imortal.

“Portugal ressuscitado” – Grupo In-clave, Tonicha e Fernando Tordo

O slogan que faz o refrão desta canção – “o povo unido nunca mais será vencido” – transformou-se na peça central deste “Portugal ressuscitado”, na sequência do 25 de Abril.

“Somos Livres” – Ermelinda Duarte

Um dos grandes temas do período logo a seguir ao 25 de Abril, “Somos Livres” ficou na memória colectiva dos portugueses.

7/10
Homem em Catarse – Sete Fontes (2021)

Sete Fontes pode ser um postal do Minho mas é sobretudo uma viagem em que encontramos um local de introspeção e quase ficamos suspensos no tempo. Talvez sejam resquícios de um confinamento em que o mundo parou.

8/10
Noves Fora Nada – Da Opulência ao Carvão (2022)

Da Opulência ao Carvão, integra com engenho facetas muito diferentes do rock: gasolina, mel, escuridão.

7.5/10
Goodbye, ÖLGA – Goodbye, ÖLGA (2022)

É de salutar haver bandas a fazer a prova de vida que o rock precisa, em Portugal é um género algo descurado nos últimos tempos havendo poucas bandas a ajudarem na frente de “combate”.

Rita Vian – Caos’a [EP] (2021)

Rita Vian é uma das mais promissoras artistas nacionais. O EP Caos’a é uma lufada de ar fresco na música que se faz em Portugal.

Fausto – Por Este Rio Acima (1982)

Tanto tempo depois, Por Este Rio Acima continua o que sempre foi, uma obra absolutamente incrível de um músico genial, no seu topo de forma.

Os Filhotes do Zeca

José Afonso foi um dos maiores revolucionários da canção nacional e influenciou todas as gerações que lhe seguiram. Mas a herança de Zeca vai muito além da música.

José Afonso – Galinhas do Mato (1985)

Como se despede um génio? O derradeiro álbum de José Afonso, Galinhas do Mato, é a resposta bonita à pergunta triste.

José Afonso – Ao Vivo no Coliseu (1983)

A despedida de Zeca, já debilitado pela doença, dos palcos, numa noite de lágrimas e vozes ao alto.

José Afonso – Fura Fura (1979)

Fura, Fura ocupa um lugar singular na discografia de José Afonso, talvez por ser o mais dramatúrgico dos seus álbuns: oito dos doze temas provêm de colaborações com o teatro.