Miguel Ângelo: de olhos no futuro

Com mais de 30 anos de carreira, muitos deles ao serviço de uma das bandas de maior sucesso no país, Miguel Ângelo continua em busca da novidade. Recusa estagnar, mostra que a veia criativa não se esgotou nos Delfins e a prova é o novo álbum, Noite e Dia, acabado de lançar.

Luciano Mello: um músico brasileiro exilado em Braga

É cantor, compositor, produtor, com uma vasta obra em nome próprio e também com bandas sonoras para teatro, dança e cinema. Também escreve para outras pessoas, nomeadamente Elza Soares, que declara Luciano Mello como um dos seus compositores predilectos. Acaba de lançar o novo disco, Vida Portátil, feito em Portugal durante o confinamento.

SAL: de passo forte à conquista do futuro

Os membros dos fizeram nascer uma coisa nova depois do fim desse projecto. O álbum, Passo Forte, acaba de sair e estivemos à conversa  com o baterista João Pinheiro e o guitarrista Daniel Mestre.

8/10
Bloom – Drafty Moon (2021)

O novo disco de Bloom é pop mas denso, groovy mas sombrio, teatral mas verdadeiro. Um diálogo enternecedor entre o discípulo JP e o mestre Bowie.

7.5/10
10 000 Russos – Superinertia (2021)

O trio portuense tem novo disco. É forte, poderoso e não brinca em serviço. Ouvir…

Cassete Pirata: semear ventos para colher a bonança

Entrevista com João Firmino, vocalista e compositor, sobre o disco conceptual que acaba de lançar com os Cassete Pirata.

7.5/10
Pedro de Tróia – Tinha de Ser Assim (2021)

Em Tinha de Ser Assim apagou-se a chama eufórica da festa na areia. O timoneiro Pedro de Tróia agora está crescido.

7/10
Sensible Soccers – Manoel (2021)

Servindo de banda sonora para dois filmes de Manoel de Oliveira, o último disco dos Sensible Soccers vê a banda portuense a expandir a sua palete sonora

7/10
Lefty – Andrómeda (2021)

Quatro pessoas com passados entre o hip hop e a música tradicional juntaram-se para fazer um disco de rock’n’roll puro, sem manhas e com óptimas canções.

8/10
Joana Espadinha – Ninguém Nos Vai Tirar o Sol (2021)

Joana Espadinha está de regresso com um conjunto de canções tocantes, envolventes, dançantes e intemporais.

“Rolar no chão” – Afonsinhos do Condado

“Rolar no Chão”, do álbum Açúcar, de 1988, é uma deliciosa parvoíce, cortesia dos Afonsinhos…

“Óculos de Sol” – Natércia Barreto

Mais um levíssimo cover português de um sucesso internacional, como era tão comum nos anos…

7/10
Old Jerusalem – Certain Rivers (2021)

Ao oitavo disco, Old Jerusalem dá-nos um disco despido e plácido, com o habitual conforto…

8/10
Rui Reininho – 20.000 Éguas Submarinas (2021)

Rui Reininho é um dos nossos grandes heróis. E, ao contrário do célebre verso de Reinaldo Ferreira, este herói serve-se vivo!

sean riley & the slowriders com novo disco e regresso aos palcos
As novas cores de Sean Riley & The Slowriders

Ao quarto disco de originais, Life, Sean Riley trouxe para a sua música novos condimentos, via sintetizadores, mas sem desvirtuar a matriz original.

Jónatas Pires
Jónatas Pires ilumina o caminho até à Terra Prometida

O disco de estreia a solo de Jónatas, vocalista dos Pontos Negros, é um triunfo que nos ilumina e dá alento.

7.5/10
A Lake by the Mõõn – Life in Warp (2021)

O primeiro longa-duração do músico das Caldas da Rainha, é um grito de protesto contra os sistemas que, todos os dias, contribuem para a destruição do nosso planeta.

7.5/10
Minta & The Brook Trout – Demolition Derby (2021)

Os Minta & The Brook Trout regressam com a delicadeza pop a que nos habituaram, um bálsamo em tempos confusos