Ney Matogrosso || Coliseu dos Recreios

Se o passado artístico de Ney Matogrosso é de peso, o presente não o desilustra, nem o embacia.

“Sangue Latino” – Secos & Molhados

Sem rodeios e sem exageros, “Sangue Latino” é uma das mais perfeitas canções da história da música popular brasileira.

João Gilberto – João Gilberto (1973)

João Gilberto foi sempre preferindo uma aproximação cada vez mais minimalista no que toca à execução da sua arte: a de fazer diamantes sonoros.

Secos & Molhados – Secos & Molhados (1973)

Bastou apenas este primeiro disco para os Secos & Molhados se colocarem eternamente no Olimpo da música popular brasileira.

“Divino Maravilhoso” – Gal Costa

Naquele tempo de polarização política, a música era a única forma de expressão.

“Going Out Of My Head” – Sérgio Mendes & Brazil 66’

“Going Out of My Head” é uma senhora canção, cuja beleza faz com que muitos músicos se apaixonem por ela.

Capitão Fausto – A Invenção do Dia Claro (2019)

Afinal, não tinham os dias contados. Foi uma boa mentira dos meninos que começaram a fazer indie rock, voltaram-se depois para o psicadelismo e acabaram por encontrar um lugar onde se sentem bem. Chamam-se Capitão Fausto e, ao que parece, estão bem vivos!

Milton Nascimento / Lô Borges – Clube da Esquina (1972)

De todo o património da música brasileira, Clube Da Esquina é incontestavelmente um dos trabalhos mais reconhecidos, fruto de uma geração e de um tempo próprio. Há projetos que constituem autênticos «antes e depois», tamanha é a revolução que provocam…

Tribalistas || Altice Arena

Tribalistas aterram finalmente em Portugal para mostrar o trabalho conjunto de três artistas maiores da música cantada em português. Viva o Brasil!

“Carcará” – Maria Bethânia

O primeiro sucesso de Maria Bethania, jovem que transpirava energia, com a garra e o tom necessários para passar a mensagem implícita de “Carcará”.

“Alegria, Alegria” – Caetano Veloso

Os anos de convulsão também nos trouxeram Caetano Veloso e o seu tropicalismo.

“O Bêbado e a Equilibrista” – Elis Regina

Mais uma canção protesto, desta feita pela voz de Elis Regina.

“Pra não dizer que não falei das Flores” – Geraldo Vandré

Vandré nunca chegou perto de ser nome consagrado na MPB, mas esta escolhida para canção do dia hoje é mítica.

“Cálice” – Chico Buarque

Começamos semana dedicada ao Brasil com clássico da resistência.

Elza Soares – Deus é Mulher (2018)

Uma voz onde todas as atrocidades e alegrias convergem: navios negreiros e fé nos orixás, fome e samba de roda.

Caetano Moreno Zeca Tom Veloso || Coliseu Lisboa

Caetano trouxe os seus filhos para conhecer o Coliseu, numa deliciosa visita de estudo que nos deixou de alma cheia.

Playlist da Semana: Samba Jam

Celebremos a diáspora numa das suas mais belas formas de expressão: a MPB.