Gonçalo Correia
156 Articles0 Comentários

Nascido no ano em que saiu Songs of Faith and Devotion (que o seu duvidoso gosto ainda não lhe permitiu explorar devidamente) e licenciado de fresco em Comunicação Social, este jovem aspirante a jornalista (ou outra coisa qualquer que não queira confessar) só acordou tardiamente para a música, e a sua (curta) colecção musical baseia-se sobretudo em jovens bandas promissoras dos tempos modernos – os Doors e os Beatles – sendo ainda de mencionar igualmente os rapazes Dylan e Hendrix, a quem perspectiva um auspicioso futuro.

“Devagar” — Ornatos Violeta

Em 2012 eram os Ornatos Violeta que faziam voltar a um passado a que se julgava já não poder regressar.

“Pink Steam” — Sonic Youth

Quantos miúdos dariam tudo para poder ver os Sonic Youth hoje em dia?

“No Cars Go” — Arcade Fire

No meio disto tudo, os Arcade Fire eram os vencedores improváveis, mas ainda hoje o concerto é mítico.

“Não Percebes” — Sam the Kid

Estávamos em 2002, o Paredes de Coura fazia dez anos e quem lá estava não se esquece até do freestyle em que o rapper e produtor musical aludia a isso.

“Tom Courtenay” — Yo La Tengo

Para os poucos que verdadeiramente se entregaram de corpo e alma à encantadora sedução da música dos Yo La Tengo ficou no ar a sensação de uma noite ganha.

Playlist da Semana: Paredes de Coura, uma retrospetiva (1998-2019)

Siga connosco nesta viagem que atravessará 20 anos de história do festival e acabará abrindo o apetite para a semana que aí vem.

“Come In From the Cold” – Joni Mitchell

Pena que, com o tempo, o manto do esquecimento já tivesse caído sobre Joni Mitchell quando, em 1991 lançou Night Ride Home, no qual está incluída esta bela canção.

“A Message From The Meters” – The Meters

É dia para dançar para expiar dores, libertarem-se das prisões.

“A Portrait of Sarah” – William Tyler

Amantes das guitarras, esta é para vocês.

“All I Need” – Townes Van Zandt

Autor de uma obra única, tão bela como devastadora, Townes Van Zandt, escreveu sempre com as entranhas.

Playlista da semana: Antecipar 2019

Esta playlist inclui alguns dos melhores músicos, DJs e bandas nacionais que vão, salvo alguma contrariedade inesperada, editar álbuns nos próximos 11 meses e uma semana.

“Myself When I’m Real” – Charles Mingus

O génio de Mingus permitiu-lhe abandonar por um dia o contrabaixo e atirar-se ao piano.

Jeff Tweedy – WARM (2018)

WARM é composto canções ancoradas em guitarras e voz, bem escritas e bem cantadas, das mais sussurradas e comoventes pela vulnerabilidade às mais entusiásticas e comoventes pela procura de uma comunidade, de um encontro, de amor.

Anna Calvi – Hunter (2018)

Hunter é ao mesmo tempo uma procura e uma afirmação de liberdade – de género, de vida, sexual e social. É um grande manifesto musical e é, seguramente, um dos melhores discos do ano.

“Don’t Beat The girl Out Of My Boy” – Anna Calvi

Extraído de Hunter, este single mostra a britânica a subir ainda mais o nível, coisa que parecia difícil.

“Gone For Good” – The Shins

Uma bela canção sobre separação pela parte dos Shins

Playlist da semana: Viagem a 2018

Acompanhe-nos nesta viagem sonora pelo mundo em 2018.

“Angel From Montgomery” – John Prine

Esta “Angel From Montgomery”, incluída no álbum de estreia e escrita com rodeos, cowboys e a história de uma mulher infeliz de meia idade em mente, é uma introdução tão boa como qualquer outra para conhecer a obra única de John Prine.