Rolling Blackouts Coastal Fever: a próxima grande banda que já o é

Fran e Joe falaram connosco acerca do álbum Hope Downs, de trocadilhos em nomes de bandas, de lounge hardcore, de queijos, do sentido de aventura e de causas para olhos arregalados. Uma conversa mesmo divertida, a não perder.

“Negative Creep” – Nirvana

Os Nirvana numa fase mais crua.

Quem foste tu, Kurt Cobain?

O texto profundo, imersivo e estarrecedor sobre o malogrado Kurt.

“Aneurysm” – Nirvana

Uma das melhores músicas dos Nirvana, lançada na compilação “Incesticide”.

Pixies – Come On Pilgrim (1987)

Come On Pilgrim contém, na sua génese, todos os elementos que tornariam os Pixies num dos maiores fenómenos de culto do rock alternativo – melodias suaves, crueza em estado puro e uma energia eletrizante.

FIDLAR – Almost Free (2019)

Ao terceiro disco, os FIDLAR fazem o seu London Calling, diversificando estilos e instrumentos, ao mesmo tempo que mantêm a irreverência skate punk original.

Red Hot Chili Peppers – Blood Sugar Sex Magik (1991)

Blood Sugar Sex Magik é uma deliciosa miscelânea de estilos que tem o poder de nos fazer saltar como doidos ou de chorar como bezerros desmamados

Reunião dos Nirvana aconteceu este fim de semana

Seis temas recordados; temos os videos de todos

Playlist da semana: Seattle Supersonics

Alguns dos discos mais incontornáveis da riquíssima década de 90 vieram deste canto remoto dos EUA. Celebremos, portanto, hoje e sempre.

A Place to Bury Strangers: a conversa que dura para sempre

Oliver, Dion e John falam connosco sobre concertos que não existiram, de azares, do génio de Emil Nikolaisen, de destruir salas e das bandas que APTBS escolhem como as mais intensas de sempre.

Courtney Barnett – Tell Me How You Really Feel (2018)

Ensonada e querida como um coala constipado, Courtney desceu do seu eucalipto para nos entregar mais um grande disco. Quando todas as notas e palavras estão certas, não há como não lhe perdoar o desencanto que agora nos traz.

“Even in His Youth” – Nirvana

5 de Abril de 1994. Kurt Cobain suicida-se na sua casa em Seattle. Tinha 27 anos liderava a maior banda de Rock dos anos 90, os Nirvana, e foi o porta-voz de uma geração . Milhões de miúdos e milhares de…

Boogarins: a entrevista “chapada”

Dinho, Ynaiã, Benke e Rapha falaram sobre peixe-boi, Red Hot Chili Peppers, tocar perto de um rio, tocar perto do Rio, animais espirituais, o que fazer depois da morte – naquela que muitos já chamam a entrevista mais “chapada” da banda até agora.

Beck, meu irmão Beck: retrato do mestre da modernidade pop

A história de um “loser” que ganhou lugar cativo na história da música, seja como reciclador do lixo pop, seja como belíssimo e introspectivo escritor de canções. Um dos inventores da nossa modernidade.

Soundgarden – Superunknown (1994)

Superunknown: espécie de Exile on Main St. da geração rasca. Um disco eclético, inspirado, variado musicalmente e que estava em plena sintonia com os tempos.

R.E.M. – Monster (1994)

Michael Stipe decide ser actor e veste a pele de diferentes personagens, enquanto Buck arruma o bandolim e agarra de novo a guitarra elétrica. Assim nasceu Monster.

R.E.M. – Out Of Time (1991)

E finalmente ao sétimo disco, os R.E.M. chegam ao estrelato. Largaram o college rock, abraçaram a pop e a MTV mas nunca deixaram de ser banda que a Georgia viu nascer.

Metallica – Hardwired … To Self Destruct (2016)

Tem de ser pesado. Tem de ser rápido. Tem de ser bem tocado. Tem de ser num volume bem acima do rock que na década em causa era considerado aceitável pelos donos dos bares. Tem de ter o James Hetfield…