Bruce Springsteen – Western Stars (2019)

Nas treze canções do disco, Bruce é muito menos Roy Orbison e muito mais uma estrela decadente do country.

Ezra Furman – Twelve Nudes (2019)

Voz cheia de distorção, gritos, reacção e crueza. Ezra Furman regressou com Twelve Nudes e talvez não seja nada do que estão à espera.

Jeff Tweedy – WARM (2018)

WARM é composto canções ancoradas em guitarras e voz, bem escritas e bem cantadas, das mais sussurradas e comoventes pela vulnerabilidade às mais entusiásticas e comoventes pela procura de uma comunidade, de um encontro, de amor.

Arcade Fire – Funeral (2004)

Porque é que Funeral é tão imenso, considerado por muitos como o disco da sua década? Pela sua originalidade? Pela sua beleza? Estamos em crer que a  resposta é outra: pela primazia quase fascista da emoção.

Jonathan Wilson – Rare Birds (2018)

Ao terceiro capítulo, Jonathan Wilson acrescenta ao seu rock clássico algumas incursões sobre o soft rock. As canções continuam belíssimas mas a sua desmedida ambição prega-lhe algumas rasteiras.

The War on Drugs – A Deeper Understanding (2017)

A voz soa a algo entre Springsteen e Adams, Bryan não Ryan. A música dança entre o que, imagino, soariam as versões 2.0 de Waterboys ou Fleetwood Mac. E ainda assim, tudo nos War on Drugs soa a próprio. Fui…

Ryan Adams – Prisoner (2017)

Mais uma vez o desamor deu-nos um grande disco de Ryan Adams. Prisoner namora com os anos 80 mas, na essência, é mais do mesmo: um álbum rock cheio de boas canções. Não trará novos fãs ao músico, mas preserva os devotos de sempre.

“Streets of Philadelphia” – Bruce Springsteen

Estamos no ano de 1993, uma altura em que já todos havíamos entendido que Freddie Mercury partiu demasiado cedo. “Philadelphia” chega aos cinemas como o primeiro filme mainstream de Hollywood a reconhecer os preconceitos da homossexualidade e da homofobia e…

“Badlands” – Bruce Springsteen

Esta semana faço anos. Não vou dizer quantos, mas se forem bons a Matemática chegam lá, dado que todas as canções do dia da semana serão do ano em que nasci. Escolha para esta 3ª feira recai num senhor que…

Bruce Springsteen – Wrecking Ball (2012)

Um disco poderoso, talentoso, enraivecido e, simultaneamente, comovido e fraternal

Canção do dia: Crush on You – Bruce Springsteen

Quando ouço (ou penso em) Bruce Springsteen, há quase sempre uma dúvida que me assalta: de onde lhe vem toda aquela força? Aquela espécie de fúria semi-controlada, mas capaz de abalar cidades e pessoas, como levando tudo o que se…

Bruce Springsteen and The Sessions Band – We Shall Overcome: The Seeger Sessions (2006)

É repudiar toda a carreira de um homem se lhe dissermos que o seu último disco excelente, ou, pronto, mais meiguinho, consistentemente genial de uma ponta à outra, data de 1984? Não. Mas, para ninguém me apedrejar, tenho que virar-me…

Canção do Dia: Used Cars – Bruce Springsteen

“Used Cars” tem todas as características que definem o álbum Nebraska: depurado, triste, cinematográfico, dolorosamente pessoal mas cheio de implicações políticas. O narrador é a criança que há em Springsteen, fantasmas de uma infância pobre assomando na sua voz dolente.…

Bruce Springsteen – Born in The USA (1984)

E ao sétimo disco, Boss apresenta-se ao mundo nos seguintes preparos: rabo em primeiro plano, calças de ganga feitas à medida, o boné de baseball a piscar-nos o olho e ao fundo a bandeira dos Estados Unidos da América. O…

Canção do Dia: Thunder Road – Bruce Springsteen

Na noite de 18 de Novembro de 1975 Londres recebeu pela primeira vez Bruce Springsteen & The E Street Band. Durante semanas a capital inglesa tinha visto posters espalhados pelas paredes em que se podia ler: “Finally London is ready…

Bruce Springsteen – Nebraska (1982)

Querem bem à arte, não tragam nunca serenidade a quem a faz; um canalha de um psicoterapeuta apaziguou Springsteen nos anos 90 e nunca mais o patrão conseguiu fazer um disco decente. Querem bem à arte, lixem o artista. Alimentem-no…

Canção do Dia: The River – Bruce Springsteen

Uma harmónica e uma guitarra em uníssono, um trovar arrastado e grave e uma história que faz qualquer um acreditar que os sonhos não duram para sempre. Uma história contada através de um poema de tal maneira sugestivo que faz…