The Jesus and Mary Chain – Psychocandy (1985)

É pop. É ruído. É Psychocandy.

Ramones – Leave Home (1977)

Como pode uma banda fazer um disco praticamente igual ao anterior e mesmo assim soar fresco? Infelizmente, só os Ramones conseguem ter uma resposta para isso… Lançado quase um ano após a estreia do seu disco homónimo, os Ramones dão…

“Pinhead” – Ramones

Gabba Gabba Hey! Gabba Gabba Hey!

A Place to Bury Strangers: a conversa que dura para sempre

Oliver, Dion e John falam connosco sobre concertos que não existiram, de azares, do génio de Emil Nikolaisen, de destruir salas e das bandas que APTBS escolhem como as mais intensas de sempre.

“I Wanna Be Sedated” – Ramones

Uma das canções maiores dos Beatles do punk rock.

Sunflower Bean: antes dos vinte-e-dois, em castanho

Os Sunflower Bean falaram do incrível “Human Ceremony”, do tempo, de ser fãs dos clássicos, do ano de 2013, de que música devemos dar a crianças, de quantos concertos tocaram e de ser a banda mais fixe que há.

Ramones – Rocket to Russia (1977)

Os Beach Boys cheirando cola numa praia suja em Nova Iorque.

“1234” – Kevin Morby

Canção do Dia: “1234” – Kevin Morby

“You Could Be Mine” – Guns N’ Roses

Ter Guns N’ Roses e Terminator no mesmo contexto era o sonho húmido de qualquer imberbe do início dos anos 90 do século passado. A passagem da infância para a adolescência fazia-se a passos largos e a música e o cinema…

Good Times Bad Times: Ascensão e queda dos gigantes Led Zeppelin

A banda que inventou o rock moderno: musculado, centrado nos riffs e jogando habilmente com os contrastes leve-pesado. A alma do blues levada até às suas últimas consequências.

Animal Collective – Painting With (2016)

Como é que se celebram dez anos de coletâneas de músicas escritas do avesso a saber a verões de infância perdidos senão em álbuns de família? Com mais uma coletânea de músicas escritas do avesso a saber a verões de…

Patti Smith – Horses (1975)

Por hábito não tenho grande pachorra para tretas metafísicas sobre o que é isso da arte. Proclamá-la como “transcendência ateia”, “redenção pagã” ou “sentido último de um mundo sem qualquer sentido” sempre me pareceu demasiado conveniente ao ego dos artistas…

Sheena Is A Punk Rocker

I A minha vida começou a mudar quando cheguei a Nova Iorque. Naquele tempo, e principalmente na zona Sul de Manhattan, tudo era diferente. Parecia outro planeta, outra dimensão. Não estava habituado àquele cenário que só conhecia de ver na…

Canção do Dia: Sonic Reducer – Dead Boys

O punk nasceu em Nova Iorque, nas sarjetas sujas do CBGB. Os Ramones foram os pioneiros mas rapidamente surgiram discípulos, nenhuns tão selvagens como os Dead Boys. O seu som cru e caótico, e as suas actuações anárquicas e demolidoras,…

Morreu Tommy, o último dos Ramones originais

Erdélyi Tamás, conhecido no mundo da música como Tommy Ramone, morreu ontem, dia 11 de julho, vítima de um cancro hepático. Tommy era o último dos Ramones originais ainda vivo. Os Ramones foram uma das bandas mais importantes na cena…

Blondie – Blondie (1976)

Os Blondie foram a primeira paixão da minha vida, o primeiro amor auditivo e visual. A música, e quem a cantava, fizeram de mim o fã número zero da banda em Portugal. Nem sequer admitia que houvesse alguém mais conhecedor…

Reportagem: Marky Ramone || Santiago Alquimista

1, 2, 3, 4!! Vamos-fazer-a-reportagem-toda-assim-sem-paragens-sem-pontos-sem-vírgulas-1-2-3-4-passa-para-a-próxima-1-2-3-4-sempre sem parar! Podíamos realmente fazer toda a reportagem assim para exemplificar como foi ontem o concerto dos Ramones. Quer dizer, o concerto do projecto intitulado Marky Ramone’s Blitzkrieg, mas que fechando um pouco os olhos, é…

Reportagem: Tara Perdida || Coliseu

Depois de cinco anos sem editar, os Tara Perdida vieram apresentar ao Coliseu o seu novo álbum Dono do Mundo e o público (que ocupava cerca de 80% da lotação do Coliseu, o que não é nada mau para uma…