Álbum no Ouvido: Alex Turner – Submarine (2011)

Disponível desde março, este mini disco (EP) da autoria do líder dos Arctic Monkeys, Alex…

Youth Lagoon – The Year of Hibernation (2011)

Confesso que ultimamente tenho andado arredado de novos sons. Por este ou aquele motivo, ou…

Thurston Moore – Demolished Thoughts (2011)

  Passados que estão cinco meses do lançamento deste álbum já é com dificuldade que…

Wild Flag – Wild Flag (2011)

Constituído por quatro mulheres rockeiras, os Wild Flag não são propriamente uma banda de miúdas…

Clap Your Hands Say Yeah – Hysterical (2011)

O fresquinho desta semana vai para uma banda que foi uma das grandes revelações dos…

Beirut – The Rip Tide (2011)

Informação prévia antes de irmos ao álbum em si – Zach Condon, ou simplesmente Zach…

Álbum No Ouvido: Junip – Fields (2010)

A propósito de uma discussão sobre a qualidade, ou falta dela, de José González, um…

Marcelo Camelo – Toque Dela (2011)

Toque Dela, segundo álbum a solo de Marcelo Camelo, marca pela harmonia e beleza do mesmo.

Destroyer – Kaputt (2011)

No meio da velocidade constante do conhecimento a que a internet nos submeteu, os 6…

Tame Impala – Innerspeaker (2010)

Os Tame Impala são de Perth, Austrália e formaram-se em 2007. Depois de terem lançado…

Arctic Monkeys – Suck It and See (2011)

E ao quarto disco de originais, os Monkeys demonstram bem o caminho que querem seguir.…

Fleet Foxes – Helplessness Blues (2011)

Num dos momentos mais aguardados do ano, e depois do EP Sun Giant e do…

The Rural Alberta Advantage – “Departing” (2011)

Com um dos nomes mais estranhos do panorama musical actual, esta banda de Toronto já…

The Pains of Being Pure at Heart – “Belong” (2011)

Os Pains of Being Pure at Heart conquistaram-me com o seu primeiro álbum, homónimo, de…

The Vaccines - What Did You Expect From the Vaccines
The Vaccines – What Did You Expect From the Vaccines? (2011)

O fresquinho de hoje incide sobre uma das bandas que irá estar presente na próxima…

The Strokes – Angles (2011)

Angles não acrescenta mais valor à posição dos Strokes na história, é apenas mais um disco de Strokes que se ouve bem e apraz. Venha o próximo.

Kurt Vile – Smoke Ring For My Halo (2011)

O Kurt Vile não é um novato aqui no Altamont – em 2009, pouco depois…

Radiohead – The King of Limbs (2011)

Um simples “Radiohead have a new album”, como fez o meu colega de chafarica Cisto a…