Noves Fora Nada || BOTA

O concerto dos Noves Fora Nada no BOTA foi bem oleado e esmagador. Um festim de rock’n’roll.

Noves Fora Nada lançam disco de estreia a 9 de Abril

A pandemia tudo tentou para o impedir mas em vão: o álbum de estreia dos roqueiros Noves Fora Nada, Da Opulência ao Carvão, será lançado no próximo dia 9 de Abril, em CD e nas plataformas digitais. O concerto de…

Red Hot Chili Peppers – The Uplift Party Plan (1987)

O terceiro disco dos Red Hot, The Uplift Party Plan, é aquele que melhor ilustra a essência do género que inventaram: o funk metal. Uma mistura feliz entre funk, rap e rock.

Dinosaur Jr – Sweep It Into Space (2021)

Mais um bom disco de uma banda que não mexe na fórmula que já dura há décadas

King Gizzard and the Lizard Wizard – L.W. (2021)

L.W. é mais um óptimo disco a provar que os King Gizzard são a banda rock mais excitante da actualidade.

60 discos que lhe podem ter escapado em 2020

Porque nem só de “melhores discos de 2020” se fez o ano, porque há pérolas obscuras por descobrir — sejam discos editados em editoras mais pequenas ou discos instrumentais, fizemos uma lista de álbuns que lhe podem ter escapado nos últimos doze meses.

Rolling Blackouts Coastal Fever – Sideways to New Italy (2020)

Ao segundo disco, os australianos Rolling Blackouts Coastal Fever mantêm todos os argumentos que os lançaram para a ribalta, num disco soalheiro mas ao qual falta algum golpe de asa.

FIDLAR – Almost Free (2019)

Ao terceiro disco, os FIDLAR fazem o seu London Calling, diversificando estilos e instrumentos, ao mesmo tempo que mantêm a irreverência skate punk original.

Led Zeppelin – Coda (1982)

Dois anos depois do fim oficial da banda, surge Coda, reunião de outtakes de discos anteriores, servindo para cumprir obrigações contratuais e para a despedida sem grande glória

Led Zeppelin – In Through the Out Door (1979)

In Through the Out Door é um disco lamentável. Tudo aquilo que é grande nos Led Zeppelin é pequeno nesta sua última obra.

Noves Fora Nada // Baleia Piloto || Sabotage Club

Rock português cantado em português, servido em dose dupla. A casa cheia, e mais do que rendida, confirma o que já suspeitávamos: a notícia da morte do rock parece-nos manifestamente exagerada…

Dead Combo – Odeon Hotel (2018)

Odeon é nossa Lisboa atravessando a rua, indo do que foi para o que será.

Bob Dylan || Altice Arena

Que enorme privilégio termos estado ontem a poucos metros de um ícone vivo, o qual, por mais que tente dessacralizar-se com quilos de misantropia e insolência, será sempre o primeiro entre os gigantes.

Quando Hendrix queima a guitarra

Porque precisamos de deuses e de mitos, Hendrix sacrificou-se por nós, imolando a sua guitarra no fogo de Monterey.  Nesse instante, tornou-se eterno.

Belle and Sebastian – How To Solve Our Human Problems (2018)

Sob o pretexto de revisitarem o rock e a soul dos anos 60, bem como o prog e o disco dos anos 70, os Belle and Sebastian oferecem-nos mais um bonito disco, cheio de delicadeza e imaginação melódica.

The Legendary Tigerman || Lux

The Legendary Tigerman, agora em formato banda-a-sério, ofereceu-nos uma bonita noite de sujidade e rock’n’roll.

Vem aí a quarta edição do Festival Montes da Rock

Três bandas de rock musculado vão agitar, a partir das 22h, a bonita aldeia de Montes da Senhora: Patrulha do Purgatório, Asimov e Martin’s Gang.

U.S. Girls – In a Poem Unlimited (2018)

A diversidade de In a Poem Unlimited é, talvez, o seu melhor trunfo. O projecto U.S. Girls está de volta, e podemos dançar ao som de Meghan Remy!