Podcast Altamont: Episódio 7 – Especial Hip Hop

No sétimo episódio do Podcast Altamont as nossas atenções concentram-se num género específico – o Hip Hop. Debatemos as suas raízes, a sua importância inquestionável e o seu futuro.

Beastie Boys – Paul’s Boutique (1989)

O segundo álbum dos Beastie Boys, Paul’s Boutique, é um dos grandes clássicos dos anos de ouro do hip-hop, elevando a arte do sampling para um novo patamar.

slowthai – TYRON (2021)

Slowthai rima com polémica e irresponsabilidade.

Anderson .Paak – Malibu (2016)

O segundo disco de Anderson Paak é quase uma história da música negra americana, uma síntese feliz entre soul, jazz, funk e hip-hop. A sua voz rouca cheia de grão tem tanto de dor como de luz.

Flying Lotus – Cosmogramma (2010)

O terceiro disco de Flying Lotus leva a arte dos beats instrumentais para um novo patamar de sofisticação.

60 discos que lhe podem ter escapado em 2020

Porque nem só de “melhores discos de 2020” se fez o ano, porque há pérolas obscuras por descobrir — sejam discos editados em editoras mais pequenas ou discos instrumentais, fizemos uma lista de álbuns que lhe podem ter escapado nos últimos doze meses.

Tristany – Meia Riba Kalxa (2020)

Meia Riba Kalxa é sonho e lamento, festa e melancolia, tensão e distensão, agressividade e placidez. É a rua, a periferia e os sonhos de quem nela cresceu transformados num objeto artístico com drama, vida e seus diferentes ritmos, festa e tristeza, dor e conquista.

Future – DS2 (2015)

À terceira é de vez: DS2 é a obra-prima de Future. Trap sombrio encharcado em sedativos.

Capicua – Madrepérola (2020)

Desde 2008 Capicua tem brindado o mundo do hip-hop, aliás de toda a música portuguesa, com lições de como fazer boas letras e canções. Em 2020 chega Madrepérola, a mais recente jóia da discografia.

N.W.A. – Straight Outta Compton (1988)

Straight Outta Compton é o Never Mind the Bollocks do hip-hop: niilista, escandaloso e efervescente.

Kanye West – 808s & Heartbreak (2008)

Uma nova era do hip-hop começou com este disco: melódica e melancólica, anestesiada em auto-tune, onde o vazio interior pós-fama vale mais do que qualquer ouro ao pescoço.

Kanye West – Late Registration (2005)

Em Late Registration, Kanye West mostra o bom e o genial, a fé e até a vaidade. A loucura viria depois.

Guru – Guru’s Jazzmatazz Volume 1 (1993)

Em 1993, o MC Guru mete o jazz e o hip-hop a conversar olhos nos olhos, criando um clássico influente até aos dias de hoje

Estraca – Dar vida (2020)

Ao terceiro disco, Estraca revela-se um dos mais talentosos MCs da sua geração. O bairro da Cruz Vermelha está prestes a ser demolido mas a sua poesia rude de rua essa já ninguém a de

M.I.A. – Kala (2007)

Tudo é desmedido em Kala: mil tambores festejando a união de todas as tribos, timbres estridentes desafiando os tímpanos, uma voz blasé e insolente com quilos de swag.

Allen Halloween anuncia fim da carreira na música

Allen Halloween, um dos mais talentosos e respeitados rappers portugueses, acaba de anunciar o final da sua carreira musical. Através de uma mensagem na sua conta instagram, Halloween afirma-se empenhado em mudar de vida, o que implica o fim do…

“U Don’t Know” – Jay-Z

Em “U Don’t Know”, o produtor Just Blaze acelera o tempo do sample vocal de Bobby Bird.

Jay-Z – The Blueprint (2001)

Talvez o disco de hip-hop mais influente dos anos 2000.