14ª Edição do Sons de Vez até 19 de Março em Arcos de Valdevez

O Festival Sons de Vez está de regresso. De 6 de Fevereiro a 19 de Março, o Minho volta a acolher o melhor da música moderna portuguesa com concertos todos os fins-de-semana no auditório da Casa das Artes de Arcos…

Reportagem: Mão Morta || Lux

Uma estranha nuvem negra adensava-se sobre Santa Apolónia, como que a prever o que se iria ali passar. Os carneiros negros entravam lentamente na sala escura, procurando uma luz que lhes parecesse promissora. Bebericando, aqui ou ali na bebida que…

Reportagem: Mão Morta || Incrível Almadense

Primeiro de Novembro, véspera do dia dos fiéis defuntos. E tanto tempo depois (trinta anos!), o ritual ainda se repete. A mãe Mão Morta, “nascida dos ratos”, convoca todos os renegados que habitam as condutas subterrâneas, para a celebração da…

Halloween é no Incrível Almadense com os Mão Morta na primeira edição do MAZEFEST

O Halloween este ano celebra-se em Almada naquela que é a 1ª edição do MAZEFEST. No dia 31 de Outubro, a noite de Halloween tem como protagonista principal a maior banda de metal nacional, os Moonspell. Para este espectáculo que…

Estilhaços Cinemáticos (2014)

O projecto Estilhaços está há dez anos a espalhar perigosos fragmentos sobre a música e a literatura portuguesa. Foi em 2004 que rebentou o primeiro estilhaço, um espectáculo de spoken-word de Adolfo Luxúria Canibal que deixou o Teatro do Campo…

Canção do Dia: Mão Morta – O Divino Marquês

Esta canção do O.D., Rainha do Rock & Crawl (terceiro álbum dos Mão Morta, lançado em 91) foi baseada no livro de Luiz Pacheco “O Libertino Passeia por Braga, a Idolátrica, o Seu Esplendor”. Quer o escritor maldito quer Adolfo Luxúria Canibal…

Mão Morta – Pelo Meu Relógio São Horas de Matar (2014)

Não é comum uma banda sobreviver ao atrito de trinta anos. Menos comum ainda é uma banda nos surpreender depois de tantos anos e discos. Com o novo e polémico Pelo Meu Relógio São Horas de Matar, os Mão Morta…

Canção do Dia: Mão Morta – Lisboa

Em ’92, os Mão Morta fizeram o brilhante Mutantes S 21, álbum conceptual onde cada canção corresponde a uma cidade, um diário de viagens pela geografia da noite e do errado. A cidade portuguesa que abre o disco é “Lisboa”…

Mão Morta – Novo Single “Horas de Matar”

Enquanto neste site se acha importante promover o já esgotado concerto dos já há muito criativamente esgotados Rolling Stones, lado a lado com a maquineta capitalista do muito venerado festival da Belavista, eu, estando à parte ou não estando à…

O relógio dos Mão Morta está certo

Isto é poesia. Não é um apelo à violência. Não é dizer mal só porque sim. É arte, poesia, enfim, subversão. Esta é a primeira amostra do novo disco dos Mão Morta. Pelo Meu Relógio São Horas de Matar é lançado…

Canção do Dia: Mão Morta – Avô Cavernoso

O avô cavernoso é Salazar e para fintar a tonta censura nada como turvar a letra com palavras complicadas como “tonsura”, “matinadas” e “persignou-se”. Salazar e a censura já morreram mas os seus espectros ainda pairam sobre nós. Daí a pertinência…

Primeiros quatro discos de Mão Morta reeditados em vinil

A Rastilho Records vai lançar, em vinil, os quatro primeiros discos dos Mão Morta, mítica banda de Braga que, sob a liderança de Adolfo Luxúria Canibal, espalha a magia e o caos pelo rock português desde o início dos anos…