Miles Davis – Kind of Blue (1959)

Qual é o segredo de Kind of Blue? Porque é que é que quando inspeccionamos a colecção de discos dos nossos amigos ele está sempre lá e se não estiver deixam logo de ser nossos amigos? Porque é que a…

“If You Have To Ask What Jazz Is, You’ll Never Know” – Os 11 Discos de Jazz da Minha Vida

Sou dado a enjoos sazonais. Acontece duas a três vezes por ano, e em cada um desses períodos de tempo acabo por passar dez a quinze dias numa espécie de purga sonora, que tão bem me faz. Habituado há anos…

John Coltrane – A Love Supreme (1965)

Fechem os olhos, pensem em tudo aquilo que ouviram e sentiram e, se for caso para isso, voltem a pôr o disco do princípio.

Canção do Dia: Miles Davis – So What

Kind of Blue, de ’59, conseguiu a dobradinha: não só foi aclamada pela crítica como uma obra-prima, como foi o disco de Jazz mais vendido de sempre. Dois dos seus protagonistas, Miles e Coltrane, foram conhecidos dependentes de heroína. A…

“Round About Midnight” – Miles Davis

O original é do Thelonious Monk mas foi Miles Davis que lhe deu a sua versão definitiva.

Revelada jam inédita de Miles Davis

Quatro noites na icónica sala Fillmore East em Nova Iorque, em 1970, deram o mote para uma edição completa dos concertos que, até há pouco tempo, se achavam perdidos no tempo. O disco Miles at the Fillmore: Miles Davis 1970: The…

Miles Davis – Ascenseur pour l’échafaud (1958)

Já que abrimos um precedente a semana passada e começámos aqui a falar no Altamont sobre bandas sonoras, esta semana trago uma banda sonora histórica para um filme não menos histórico – a preparada por Miles Davis especialmente para o…

Billy Cobham – Spectrum (1973)

Em meados de 1973, após a dissolução da “Mahavishnu Orchestra”, o baterista Billy Cobham lançava-se num desafio a solo. Para tal reuniu nos antigos estúdios de Hendrix “Electric Ladyland” em Nova Iorque uma equipa de “ases” onde pontificavam o seu…

Miles Davis – A Tribute to Jack Johnson (1970)

Simplesmente porque hoje pus-me a ouvi-lo e apeteceu-me partilhar convosco, este para mim é um álbum na melhor fase de Miles Davis e os puristas do jazz que me crucifiquem não quero saber deles. Jack Johnson foi o primeiro pugilista…