Lana Del Rey – Norman Fucking Rockwell! (2019)

Este é, definitivamente, um disco de detalhes. É um disco suave, para se ouvir em conforto e com atenção.

Lana Del Rey – Born to Die (2012)

Que se lixe a verdade, diz Born to Die a cada instante. A beleza é muito mais importante.

Billie Eilish – When We All Fall Asleep, Where Do We Go? (2019)

Ao longo da história da pop há sempre estes momentos em que as pessoas se fartam do excesso de artifício e reclamam um pouco de verdade. A verdade chegou e chama-se Billie.

Super Bock Super Rock 2019 – Dia 1

Regressámos ao Super Bock Super Rock, com um primeiro dia a rebentar pelas costuras de tanta promessa que se vê espalhada pelos palcos.

“Hope is a Dangerous Thing for a Woman Like me to Have – But I Have It” – Lana Del Rey

É um dos singles já lançados e é daqueles que tem Lana del Rey escrito em todo o lado. Na letra, na soturnidade, na melodia e na voz, que quase parece que não está a cantar, mas a contar uma história.

“Mariners Apartment Complex” – Lana del Rey

Lá porque a canção é mais soturna não quer dizer que quem a escreve também o seja. Nem quem a ouve.

Lana Del Rey é o primeiro nome do Super Bock Super Rock 2019

Lana Del Rey regressa ao seu local de estreia em Portugal e é a primeira cabeça-de-cartaz do festival

Cat Power – Wanderer (2018)

Em Wanderer, o décimo disco de Cat Power e o primeiro em seis anos, tudo é letras e sentimento e tudo é simplicidade sonora mas complexidade emocional.

First Aid Kit – Ruins (2018)

As First Aid Kit trazem-nos um disco sobre corações partidos, melancólico e bonito, mas onde falta o rasgo de sair da zona de conforto.

Lana Del Rey – Lust for Life (2017)

Lana explodiu em 2012 e parecia que ia durar um verão, qual paixão de secundário descartada no fim da mocidade. Quatro álbuns depois, ela por aí continua – feiticeira, serpenteante, ótima compositora e dona de uma estética muito própria.

NOS Alive 2017 – Dia 2

Ao segundo dia, o rock! O NOS Alive resolveu, em 24 horas, mudar agulhas e fazer soar mais alto os riffs e os solos das guitarras.

Lana Del Rey traz The Weeknd para novo single

Tema chama-se “Lust for Life” e dá nome ao próximo álbum da cantora.

Daughter – Not To Disappear (2016)

Em 2013, quando os Daughter tocaram pela primeira vez em Portugal, encheram o Coliseu de Lisboa e a crítica especializada chamou-lhes um fenómeno. A própria banda, já de si bastante tímida, ficou tão surpreendida que teve dificuldade em articular qualquer…

Grimes – Art Angels (2015)

“Laughing and not being normal” é a primeira faixa de Art Angels, o quarto álbum de Claire Boucher, mais conhecida por Grimes. Influenciada por estilos que variam desde o synthpop ao k pop ou música medieval e por artistas como…

Lana Del Rey – Honeymoon (2015)

No longínquo ano de 2011, “Video Games” e “Born To Die” fizeram o alter ego de Elizabeth Woolridge Grant ouvir-se em todo o lado. As profecias falavam numa nova diva da pop, que destronaria todas as que na altura partilhavam o trono.…

Conheça os discos de vinil mais vendidos em 2014

A indústria musical está em mudança há mais de uma década, mas a novidade de 2014 foi o aumento das vendas de discos de vinil, com as receitas de streaming também em galope acelerado. São estes os únicos segmentos em…

Lana Del Rey – Ultraviolence (2014)

Há várias formas de se falar da Lana del Rey. Podemos insistir na discussão se a moça é genuína ou se tudo nela é encenado. Do sorriso envergonhado ao afastar da madeixa solta de cabelo. Se fez uma plástica ou…

Lorde – Pure Heroine (2013)

O álbum é de 2013 e eu já devia ter escrito sobre ele há muito tempo, mas nada está perdido e agora até parece mais oportuno: em Fevereiro, Lorde ganhou dois Grammy e em Maio vem ao Rock in Rio…