Paul McCartney – McCartney II (1980)

Corria o ano de 1980. Mesmo antes da dissolução dos Wings, Paul McCartney virou-se para o experimentalismo e sintetizadores. Gravado totalmente em casa, era McCartney II.

“(Nothing but) Flowers” – Talking Heads

O ritmo é contagiante nesta canção da banda de David Byrne, presente no disco Naked, de 1988. Daí a ter incluído na playlist da semana, no lote de músicas para animar uma viagem longa de carro em família, e assim…

“Once In A Lifetime” – Talking Heads

O hit mais bizarro da história da pop.

Talking Heads – Remain in Light (1980)

O caminho mais curto para a sabedoria sempre foi o de uma boa canção pop.

“Take Me To The River” – Talking Heads

Uma versão co-produzida com Brian Eno, que acabou mais reconhecida e escutada do que a versão original de Al Green.

Talking Heads – Talking Heads: 77 (1977)

Disco de estreia de uma das bandas que contribuiu em larga medida para o pop rock como o conhecemos hoje, Talking Heads:77 ainda soa fresco e actual.

Anna Calvi – Hunter (2018)

Hunter é ao mesmo tempo uma procura e uma afirmação de liberdade – de género, de vida, sexual e social. É um grande manifesto musical e é, seguramente, um dos melhores discos do ano.

David Byrne || EDP Cool Jazz

Começou em grande o EDP Cool Jazz 2018. Sara Tavares deu o pontapé de saída, David Byrne arrasou no concerto de ontem.

Sunflower Bean: antes dos vinte-e-dois, em castanho

Os Sunflower Bean falaram do incrível “Human Ceremony”, do tempo, de ser fãs dos clássicos, do ano de 2013, de que música devemos dar a crianças, de quantos concertos tocaram e de ser a banda mais fixe que há.

David Byrne – American Utopia (2018)

David Byrne traz-nos American Utopia e com ela o mundo fica mais feliz e prazeroso.

“The Book I Read” – Talking Heads

“Parei de ouvir David Byrne e seus compinchas nos anos 80 quando eles escolheram concentrar-se em fabricar pastiches funk yuppizados para brancos sem qualquer sentido de ritmo. Já esta (subestimada) canção do seu disco de estreia foi um dos meus temas favoritos de 1977.” (Nick Kent, “Apathy for the devil”, 2010)

“Life During Wartime” – Talking Heads

Daquelas que não dá para ouvir sentado.

The Pretenders // Rita Redshoes || EDP Cool Jazz 2017

Os The Pretenders deram show e mostraram que estão aí para as curvas! A noite de Oeiras fez-se de rock puro, sem confettis à mistura.

Blondie – Pollinator (2017)

Chegaram na primavera para espalhar o pólen pop-rock de Pollinator. Os Blondie estão vivos, muito vivos, capazes de mostrar ao mundo aquilo que foram durante muitos anos: uma esplendorosa máquina de fazer álbuns e canções memoráveis!

David Byrne afirma que reunião dos Talking Heads seria dar vários passos atrás

David Byrne, carismático músico que liderou os Talking Heads, afirmou, numa recente entrevista ao The Creative Independent, que uma reunião da banda seria dar vários passos atrás. Os Talking Heads estiveram activos de 1975 a 1991 e tiveram muito sucesso graças…

Patti Smith – Horses (1975)

Por hábito não tenho grande pachorra para tretas metafísicas sobre o que é isso da arte. Proclamá-la como “transcendência ateia”, “redenção pagã” ou “sentido último de um mundo sem qualquer sentido” sempre me pareceu demasiado conveniente ao ego dos artistas…

Canção do Dia: Pere Ubu – Navvy

Não procuro a sugestão subjacente a argumentos ad hominem, não os procuro tão-pouco, meramente me resolvo pela literalidade e começo pelo início, pois largas sejam dadas à evidência, pela citação de Jon Savage, em que «harsh urban scrapings / controlled…

Canção do Dia: Talking Heads – Heaven

Ironia pura, e muito sarcasmo. É assim que olho para a letra da canção “Heaven“, dos Talking Heads. A humanidade inventou uma narrativa ficcional onde tudo é belo e se perpetua. Chamou-lhe céu. David Byrne, por seu lado, encara-o como…