Zach Condon está de volta. Novo disco de Beirut em Fevereiro

Gallipoli é o mais recente trabalho do músico norte-americano.

Primavera Sound 2016 Barcelona – Dia 2

Titus Andronicus Patrick Stickles e companhia iniciaram o segundo dia do Primavera Sound com a intensidade que caracteriza o brilhante “The Most Lamentable Tragedy”, editado no ano passado. O horário pareceu não ser o mais adequado a Titus Andronicus, ficando…

Beirut – No No No (2015)

Gravado em apenas algumas semanas, “No No No”, o último álbum de Beirut, é o culminar de um caminho tortuoso de Zack Condon, a mente atrás do e som tão característico da banda. Condon já admitiu que os últimos anos…

Brass Wires Orchestra – Cornerstone (2014)

Os rótulos que muitas vezes se aplicam aos artistas são coisas tramadas. Colam-se e já não os largam mais. Determinam críticas, ouvintes, e podem até ensombrar-lhes a liberdade artística. Mas se, em determinados casos, isso é negativo, outros há em…

San Fermin – San Fermin (2013)

O disco de estreia de San Fermin é um álbum cheio. Daqueles que agarram logo desde o início e que primeiro se estranham (com momentos de verdadeira estranheza). Cheio de instrumentos, de sons, de estilos, de muita coisa a acontecer…

Beirut – The Rip Tide (2011)

Informação prévia antes de irmos ao álbum em si – Zach Condon, ou simplesmente Zach para os amigos, o senhor por trás da capa Beirut nasceu em 1986. Sabem, o ano em que Portugal juntou-se à CEE, em que Maradona…

Fotoreportagem || SBSR 2011 – Dia 1

(clique para mais fotografias)

Beirut – The Flying Club Cup (2007)

Este é um disco incontornável da década. Um disco que se ouve do início ao fim, vezes e vezes sem conta. Um disco que enche uma sala, um bar, ou um outro qualquer sítio onde seja colocado. Já com o…

Beirut – March of the Zapotec and Real People Holland (2009)

Para alguma surpresa geral, Beirut, pseudónimo para o talentoso músico, Zach Condon, volta a editar um disco. Surpresa dado o referido músico ter feito uma pausa na sua curta carreira com o motivo de procurar um novo rumo na sua…

Altamont Recomenda: Beirut

“A Sunday Smile”. Ele há músicas assim: progressão de acordes simples (não confundir com simplista), refrão a condizer, 3 minutos e poucos mais de som… que te agarram do início ao fim. Porquê? A voz: o mais importante instrumento musical…

REPTO (cont.)

É evidente que não foi totalmente inocente, o meu repto. Não quis com isso criticar quem usa utiliza o termo música indie, mas apenas reflectir sobre o seu significado. A meu ver, música é uma coisa, o movimento na qual…