Stereolab || Lux: Uma máquina muito bem oleada

Tocando em Lisboa pela primeira vez desde que voltaram ao ativo, os Stereolab deram um espetáculo generoso de “Space Age Bachelor Pad Music” a um Lux muito agradecido. Tivemos saudades dos Stereolab. Depois de um hiato de dez anos, a…

“French Disko” – Stereolab

Incluído em Refried Ectoplasm (Switched On Volume 2), compilação de singles e raridades dos Stereolab, “French Disko” é incrível na sua combinação de voz delicada e doce de Laetitia Sadier com a abrasividade e ritmo que corre em fundo da…

Nala Sinephro – Space 1.8 (2021)

Parece um sopro de paraíso sussurrado aos nossos ouvidos. Um espaço onde pequenos detalhes surgem a cada instante, uma imensa narrativa onírica, um caminho fértil que se percorre com imenso prazer. Com os pés na terra do sonho, mas com…

Vanishing Twin – Ookii Gekkou (2021)

Ookii Gekkou é um título estranho, como estranho (mas aliciante) é o que no disco se escuta. Ao terceiro álbum, os Vanishing Twin voltam a não desiludir. É, acreditem, uma pequena e inquietante maravilha sonora.

Stereolab – Dots and Loops (1997)

Dots and Loops é hipnótico, elegante e fresco, e o melhor disco de uma grande banda

JARV IS… – Beyond the pale (2020)

O homem dos Pulp regressa com uma nova banda, novos caminhos musicais e a mestria de sempre O último disco a solo de Jarvis Cocker, o corpo e alma dos incontornáveis Pulp, já tem mais de dez anos, mas o…

NOS Primavera Sound 2019 – Dia 1

O NOS Primavera Sound começou com mau tempo. Pequenos dilúvios que em nada alteraram a vontade de assistir a ótimos concertos. Stereolab e Jarvis para uns, Solange e Danny Brown para outros. Foi grande a variedade.

Vem Aí Festival: NOS Primavera Sound 2019

O NOS Primavera Sound 2019 está já ao virar da esquina.

Aí está o cartaz do NOS Primavera Sound

O NOS Primavera Sound revelou o cartaz completo para o próximo verão

Laetitia Sadier Source Ensemble – Finding Me Finding You (2017)

A voz dos Stereolab regressa com mais uma incursão por terrenos que lhe são musicalmente familiares. Kraut, pop, ié-ié e experimentação, num disco adulto, coerente e letrado.

The Soundcarriers – Entropicalia (2014)

Aqui me confesso: para um tipo do rock, tenho muitas saudades dos Stereolab. Agarrei este disco, Entropicalia, pela capa, que me fazia lembrar esses outros britânicos que gostavam de brincar ao easy/electrónica/lounge/pastiche/kitsch, qualquer coisa. Qual não foi o meu espanto,…