Los Bitchos – Let the festivities begin! (2022)

Quatro raparigas de países diferentes entram num bar e, com a produção de Alex Kapranos, fazem um disco festivo que tanto vai à cumbia colombiana como ao rock psicadélico turco Um disco com um nome que soa a latino, totalmente…

King Gizzard and the Lizard Wizard – Omniun Gatherum (2022)

Ao 20º disco em dez anos, os King Gizzard dão-nos um álbum duplo esquizofrénico mas muito satisfatório, que vai do trash ao hip-hop, passando pela chillwave e por tudo o mais que conseguiram meter neste caldeirão de criatividade.

“You’re Gonna Miss Me” – 13th Floor Elevators

Há quem defenda que os 13th Floor Elevators inventaram o rock psicadélico. Esta é canção, que abre o primeiro álbum da banda, de 1966, não será contudo suficiente para ficarem convencidos porque ainda tem ali traços de garage rock.

“Mothers of the Sun” – Black Mountain

Esta canção é uma daquelas que não vale a muito a pena tentar descrever com palavras, escritas ou faladas. O melhor é mesmo carregar no play e desfrutar.

Playlist da Semana: As (re)descobertas dela

Uma playlist baseada nas escolhas de uma mãe.

King Gizzard & The Lizard Wizard – Butterfly 3000 (2021)

O décimo-oitavo disco dos King Gizzard & the Lizard Wizard, Butterfly 3000, é dominado por sintetizadores, arpejos orientais e um psicadelismo saltitante e feliz. Mais um tiro certeiro, para não variar.

Love – Da Capo (1966)

O segundo álbum dos Love, Da Capo, é psicadélico mas realista, doce e zangado ao mesmo tempo. 

Altin Gün – Yol (2021)

Holandeses e turcos vão do funk ao rock psicadélico, passando pelo disco, num álbum viciante e que nos faz mexer irresistivelmente Os Altin Gün são uma bizarria retro mas que só podiam ser deste tempo. São de Amesterdão, fundados pelo…

Cory Hanson – Pale Horse Rider (2021)

O tom é lento, arrastado, lânguido, com a paisagem a revelar-se sem pressas à nossa frente, sem brusquidão ou violência.

King Gizzard and the Lizard Wizard – L.W. (2021)

L.W. é mais um óptimo disco a provar que os King Gizzard são a banda rock mais excitante da actualidade.

Unknown Mortal Orchestra – Unknown Mortal Orchestra (2011)

Associados à nova vaga psicadélica, os UMO sempre foram, porém, um bicho diferente: mais originais, com pouca pachorra para os lugares comuns do acid rock.

The Byrds – Fifth Dimension (1966)

O disco que inventou o rock psicadélico. Uma síntese inspiradora entre sensibilidade pop e experimentalismo.

Pela estrada fora, ao som das guitarras de Brown Acid

Cada volume da série Brown Acid é uma trip por si mesma.

Boogarins – Sombrou Dúvida (2019)

Os Boogarins estão mais complexos, mais labirínticos, mais escuros.

“A Short Term Effect” – The Cure

“Short Term Effect” é uma viagem irreal, com os seus ecos, a sua guitarra arabesca e onírica à Hendrix, as suas dissonâncias e distorções fantasmagóricas.

“Dark Star” – Grateful Dead

Requintado e sonhador, é como soaria A Love Supreme se Coltrane tomasse mais LSD.

Can – Tago Mago (1971)

Os Can são a típica banda krautrock: eruditos e libertários, fazendo filtros para os joints com as pautas do Conservatório.

Madrepaz – Bonanza (2018)

Um ano depois do disco de estreia, a confirmação com Bonanza: os Madrepaz são uma das bandas mais interessantes do panorama musical nacional