Duarte Pinto Coelho
293 Articles0 Comentários

Nascido a 28-12-1892, desde tenra idade se foi cultivando em mim o interesse pelas culturas indígenas de África. Aos 10 anos, acompanhei o meu pai numa expedição à Rodésia, onde pude contactar de perto com as tribos autóctones. Aprendi as suas maneiras, a sua relação com a divindade, o canibalismo ocasional para matar a fome, e o papel da música na preparação das batalhas. A minha pesquisa durou alguns anos, até ser atacado por uma tribo de mulheres carnívoras, que me deixaram sem uma perna, com várias cicatrizes e pouca vontade de continuar naquele continente. A adolescência e início de idade adulta foram passadas em comboios, visitando grande parte dos países do Médio Oriente e Ásia, dedicando os meus dias à fotografia de ambientes. Breves incursões pelos mundos da culinária e botânica, trouxeram-me aos dias de hoje, em que a maior parte do meu tempo se destina ao estudo e tratamento de animais raros das florestas tropicais. No meio disto, há sempre em som ambiente a Música, a tocar baixinho em gira discos, e a marcar o compasso das batidas cardíacas.

Wild Beasts e The Weeknd no NOS Alive

O NOS Alive juntou mais duas bandas ao cartaz do próximo ano. De Inglaterra vêm os Wild Beasts, com o seu rock cada vez mais dançante, como se provou no disco deste ano, Boy King, que já vieram mostrar a…

Flaming Lips estreiam novo vídeo. Disco em Janeiro

A banda de Wayne Coyne tem novo disco quase a sair – Oczy Mlody, o 15º álbum da carreira. A banda de Wayne Coyne já tinha desvendado dois singles – “How” e “The Castle” – com respectivos telediscos. Agora foi…

Red Hot Chili Peppers esgotam primeiro dia de Super Bock Super Rock

Já estão esgotados os bilhetes diários para 13 de Julho no Super Bock Super Rock – dia em que actuam, no palco principal (Meo Arena) os Red Hot Chili Peppers. Continuam disponíveis os bilhetes para os outros dois dias (14…

Holofote: Capitão Fausto

Acompanhamos com entusiasmo e desde o início a carreira destes miúdos. Das primeiras canções antes do disco de estreia ao estrondo de Pesar o Sol, passando pelos concertos fulminantes nos maiores festivais do país. 2016 é o ano que os…

Marvel Lima: Os super-heróis do rock alentejano

Não é comum ouvir, nas rádios nacionais, rock alentejano. Mas os Marvel Lima estão cá para combater a tendência actual, em que 80% daquilo que chega aos ouvidos do público vem de Lisboa ou Porto. Este quinteto vem de Beja,…

Uma geração inteira na lente de Vera Marmelo

Foi há 10 anos que publicou a primeira fotografia no seu blog. Desde então, centenas de músicos já passaram pela filtro da sua máquina. Em ensaios, concertos ou retratos, Vera Marmelo é A fotógrafa da nossa geração. O seu percurso,…

O trilho de Joana Barra Vaz

Em vésperas de tocar no Vodafone Mexefest, Joana Barra Vaz contou ao Altamont como seu deu este mergulho de cabeça no mundo das canções.

O punk das Caldas pelos Cave Story

Das Caldas da Rainha com amor, os Cave Story preparam-se para lançar esta sexta-feira o primeiro longa duração. West, com reflexões sobre o mundo ocidental e a vida no oeste, oficializa os Cave Story como grande banda do novo punk-rock nacional.

A banda sonora imaginada de Noiserv

Tudo é novo, no álbum que Noiserv edita esta semana. David Santos, além de membro dos You Can’t Win, Charlie Brown, é o verdadeiro homem dos sete instrumentos.

You Can’t Win, Charlie Brown – Marrow (2016)

Mais um tiro no porta-aviões. Ao terceiro álbum, os You Can’t Win, Charlie Brown voltam a acertar e fazem mais um excelente disco. Mais eléctrico, mais expansivo, mas com a mesma polifonia e requinte dos discos anteriores.

Whitney – Light Upon The Lake (2016)

Perfeito disco de Verão que assenta perfeitamente nos dias dourados do mês de Setembro.

Estrigadeiras – Sopa de Pedra

Não é preciso mais do que cordas vocais. Um só ingrediente, repetido bastas vezes, com diferentes temperos e intensidades. Assim se faz esta Sopa de Pedra. Já desde 2012 que andam nisto, de cantar as trovas rurais de um Portugal…

Norman: um segredo muito bem guardado

São um dos mais bem guardados segredos da música nacional. Teclas, bateria e guitarra, 3 Lobos (Norberto, João e Manuel) e uma vida de cumplicidade, são os ingredientes da receita perfeita. Por razões várias, Norman ainda não chegou ao chamado…

Sumba – Tó Trips & João Doce

Foi à boleia da sua versátil guitarra que Tó Trips foi dar a Sumba. Arquipélago, real ou imaginado, onde o tempo não passa, nem para trás nem para a frente, simplesmente não existe. Tal como não existe poeira, sujidade, confusão. É aí,…

Ngono Utana – Selma Uamusse

Selma Uamusse foi uma das artistas que mais gostei de entrevistar. Durante vários anos, menina do coro, nas bandas de outros, Selma está agora a começar a afirmar-se como autora. No Outono vai lançar o primeiro álbum a solo, em…

River of Doom – Alek Rein

2016 é o ano da consagração de Alek Rein. Este heterónimo de Alexandre Rendeiro já há vários anos faz música, mas tem andado nas camadas mais subterrâneas da música nacional. Mas está para breve a edição do primeiro álbum, do…

O Terceiro Homem – Norman

Os Norman continuam a ser um tesouro escondido. Existem, enquanto banda, há mais de uma década. A solo, conhecemos cada um deles – Norberto Lobo – João Lobo – Manuel Mesquita. Desdobram-se em alter-egos, parcerias e colaborações, mas Norman é…

Altamont Entrevista: Selma Uamusse

Há mais de uma década que ouvimos a voz e o nome dela. Nos mais diversos contextos, Selma Uamusse, tem vindo a encantar, em bandas como Cacique 97 ou Wraygunn, como convidada de Samuel Úria, Medeiros/Lucas, Joana Barra Vaz ou…