“Get It On” – T. Rex

Com “Get It On”, o glam dava um passo em frente e mostrava-se ao mundo para arrebatar as miúdas e os rapazes.

Sparks – Kimono My House (1974)

Kimono My House marca o caminho que os irmãos Mael seguiriam a partir daqui, com muito falsetto e estilos diferentes.

Temples – Volcano (2017)

Ao segundo disco, os Temples temperam o seu psicadelismo com pitadas de prog e de madchester. As canções continuam brilhantes mas não será a sua obsessão revivalista que fará o século sair de onde está.

Como um gato do Japão: as sete vidas que Bowie nos deu

Há tanta heterogeneidade no seu percurso – no estilo de vida, aparência, sexualidade, drugs of choice, música que fez – que parece que Bowie não viveu uma vida mas muitas, “like a cat from Japan”, como o próprio nos chamou a atenção em “Ziggy Stardust”.

David Bowie – The Man Who Sold The World (1970)

Os anos sessenta tinham acabado de dar o seu último suspiro. Com o fim da década mais incrível da História, tanto nível cultural como social, as mudanças começaram a surgir em ritmos cada vez mais frenéticos. A ideia de paz…

T. Rex – Electric Warrior (1971)

Em 1971, nada podia correr mal para o mercúrio Marc Bolan. Com a saída deste Electric Warrior, os T-Rex eram considerados o maior grupo do Reino Unido, pelo menos no que tocava ao número de presenças no top de singles.…

Pink Floyd – Obscured by Clouds (1972)

Não sendo precisamente o típico álbum de Pink Floyd, Obscured by Clouds, banda sonora para o filme La Valée, de Barbet Schroeder, é uma espécie de tesouro escondido.