Chuck Berry – Berry Is On Top (1959)

Se Little Richard era o filho, e Elvis o espírito santo, Chuck Berry será sempre o pai. Devemos-lhe tudo.

Elvis Presley – Elvis Presley (1956)

“Antes de Presley, não havia nada”, diria John Lennon, dramatizando o impacto deste disco.

Bruce Springsteen and The Sessions Band – We Shall Overcome: The Seeger Sessions (2006)

É repudiar toda a carreira de um homem se lhe dissermos que o seu último disco excelente, ou, pronto, mais meiguinho, consistentemente genial de uma ponta à outra, data de 1984? Não. Mas, para ninguém me apedrejar, tenho que virar-me…