Canção do dia

“I Remember Learning How To Dive” – Animal Collective & Vashti Bunyan

De um lado, uma obscura cantora folk dos anos setenta de timbre soprado e triste, apagada da memória colectiva pelo passar do tempo. Do outro, uma banda neo-psicadélica emergente marcada pelo seu quase agressivo desejo de se distanciarem de tudo o que é palpável e real. A junção de Vashti Bunyan e Animal Collective só poderia resultar em coisa boa – e são as suas inegáveis diferenças que permitem criar um produto tão conciso, belo e memorável como Prospect Hummer, o seu EP de 2005.

Se Vashti, esquecida no século passado, parece nunca se conseguir inserir de forma completamente confortável no século vinte e um, os Animal Collective parecem estar a milhas de nós, fruto de um futuro desconhecido e deliciosamente bizarro. E é esta mesma semelhante inconformidade com a realidade que permite aliar de forma brilhante ambos os participantes.

Este estado de sonho efémero e desligado do concreto sente-se profundamente na faixa “I Remember Learning How To Dive”. É uma música extremamente curta, delicada e de uma fragilidade quase infantil – a voz doce de Vashti assemelha-se a um sorriso suspirado, enquanto a banda lhe acompanha num embalar da melodia que circula quase em tom de lenga-lenga. A sua criancice torna-a irresistível: é a impressão que nos deixa que nenhuma das vozes vem de um adulto que existe no nosso mundo. Talvez em corpo, mas não em alma: ambas as partes viajam acima das nossas cabeças, presenteando-nos com músicas que teceram algures num recanto escondido.

Comentários (0)

Escrever resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *