Artigos

Crítica Musical

Previous Article
O Quarto Mundo
Next Article
DiG!
Comments (5)
  1. GangBang diz:

    Não sei qual é pior: o teu pretensiosismo ou a tua ignorância.
    Mas parece-me que a última tem fundamentos mais sólidos.

  2. Anonymous diz:

    o teu artigo esté uma merda q queres.
    não es nada e mandas abaixo mccartney e beatles.
    cria algo d ejeito 1º….
    além de ruido q tu fazes mentecapto?

  3. Amadis diz:

    epa a unica certeza de que tenho é a de és meio atrasado mental. bons argumentos, vasco

  4. Felliniano diz:

    oh meu amigo apesar de a tua escrita ser apurada, os teus argumentos são fracos com um castelo de cartas…

    – O último trabalho do Mcctarney, além de estar brilhantemente produzido, é do mais sincero e brilhante desde os Beatles.
    Sabes quem são os beatles certo?
    Pois a banda mais influente de todos os tempos e sem eles bandas como os nirvana nunca teriam existido.

    – Em relação aos Oasis, o Dont Believe The Truth é um album de Rock directo e verdadeiro como hoje em dia não se faz.
    Os oasis nunca tiveram interesses multinacioanais e o contrário é patético afirmar.

    – Qual o mal de voltar ao passado? Tens vergonha do teu passado?
    Digo.te: Era quando a música tinha alma…
    Beatles e Stones não têm data nem época meu amigo. São de sempre…

    – A razão porque Cobain deu o tiro foi por ser um depressivo e um drogado. Um génio mas com muitos problemas…
    Ele não se matou pelo desgosto que tinha graças ao panorama musical, visto que, ele próprio era uma moda como todo o movimento grunge. Era “hype” e tu sabes disso.

    – Não achas, que quando várias pessoas dizem que o Revolver ou o album do Mccartney é bom, é porque realmento o é?

    Não deves julgar com tantas certezas amigo porque as coisas não são assim tão simles

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *