Canção do dia

“What’s He Building” – Tom Waits

Nesta spoken-word do álbum Mule Variations (’99), a simpatia de Waits não recai sobre o narrador (um cidadão normal, vigiando um vizinho misterioso) mas sim para o pobre do vizinho acossado pela sua vizinhança conservadora. Waits aponta assim a sátira a dois alvos distintos: a paranóia das comunidades suburbanas, que não perdoam o mínimo desvio àquilo que consideram uma vida decente; e a vigilância claustrofóbica dos media sobre os famosos, a que Waits tentou sempre fugir.

Comments (0)

Comente