The Arctic Monkeys – Whatever People Say I Am, That’s What I’m Not (2006)

O álbum de estreia dos Arctic Monkeys é um dos clássicos maiores do indie moderno: endiabrado, melódico e inteligente. Um tratado sobre o beco sem saída da adolescência nos subúrbios.

The Libertines – Up the Bracket (2002)

Mais do que a resposta britânica aos Strokes, o álbum de estreia dos Libertines veio salvar uma nação do aborrecimento que assolava as tabelas de vendas.

The Jam – In the City (1977)

In the City é um dos documentos, o primeiro, de uma quiet revolution, de gravata e bons fatos, que Weller continua a fazer.

Canção do Dia: All Around the World – The Jam

Se os Jam copiaram o som sujo e rápido dos Pistols, fizeram também questão de se demarcar dos seus mestres punk em vários aspectos. E não me refiro apenas aos fatos «mod» impecavelmente engomados no lugar das roupas rasgadas e maltrapilhas.…

The Enemy – We’ll Live and Die in These Towns (2007)

Chegou-me há uns tempos às mãos, como quem diz, ao meu disco rígido, este disco dos Enemy. Apregoados como uma mistura entre Oasis e The Jam, estes britânicos originários de Coventry, terra que consagrou os Specials, estavam algo esquecidos, perdidos entre…