Canção do dia

“Olho de Lince” – Luís Severo

É difícil precisar exatamente onde é que o talento de Luís Severo floresce mais evidentemente: será na composição de melodias, simples, orelhudas, geniais? Será na prosa com a qual as ilumina, lembrando-nos de memórias distantes de amores do passado das quais nem nós nos lembrávamos? É difícil escolher: mas as suas duas maiores armas brilham com mais evidência em “Olho de Lince” – uma das mais belas cantigas de amor que encheram de vida as rádios portuguesas da última década.

Comentários (0)

Escrever resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *