Canção do dia

“In ar gcroithe go deo” – Fontaines D.C.

Os irlandeses Fontaines D.C. são um dos grandes nomes do rock actual e estão imparáveis, indo já em três discos em apenas quatro anos. O mais recente, Skinty Fia, editado este ano, abre com esta assombração em forma de música, “In ár gCroíthe go deo”. A origem do tema é muito curiosa e surgiu com a leitura de uma notícia de jornal. Margaret Keane, de origem irlandesa, viveu em Coventry, Inglaterra, a maior parte da vida, até falecer em 2018. Tinha pedido aos familiares que, na sua lápide, constasse a frase “In ár gCroíthe go deo”, que significa “para sempre nos nossos corações” em gaélico, língua antiga partilhada por vários povos como os escoceses e os irlandeses. Ora a igreja britânica não permitiu que tal fosse a inscrição sem uma tradução em inglês, argumentando que poderia ser vista como uma mensagem política ou provocadora. O caso gerou indignação na Irlanda, e foi com base nisso que os Fontaines D.C. construíram o tema, como uma homenagem à Irlanda e ao seu povo, ainda alvo de desconfiança por parte dos poderosos vizinhos ingleses. Agora o final mais ou menos feliz: depois de três anos de campanha pública, a família de Margaret Keane pôde finalmente colocar a lápide pretendida. A homenagem final foi quando a própria banda, com a família Keane, visitou a campa, fechando o ciclo. A banda sonora desse momento? “In ár gCroíthe go deo”.

Comments (0)

Comente