Canção do dia

“A Forest” – The Cure

Quando se entra sozinho numa grande floresta (a canção é longa) é natural que enchamos o peito de ar para que a pureza desse elemento nos revitalize. Pode ser também que aconteça algo bastante diferente quando vamos seguindo em frente nesse emaranhado de árvores e afins: algum receio, por exemplo, da soturnidade existente. Ao ouvinte caberá sempre a decisão final. A nossa, independentemente de outras valorizações, revela-se numa vontade crescente de não sair de lá. “Into the trees / Into the trees”, sempre.