Canção do dia

“The Locomotive” – King Krule

Quatro da manhã. Ainda faltam umas horas para o primeiro comboio. O que fazer nesse interstício entre um dia e o outro, em que nada acontece e os nossos vizinhos são outros infelizes sem cigarros como nós? “The Locomotive” é o retrato dessas horas mortas, em que a cabeça está ainda demasiado intoxicada para perceber se a autocomiseração protege o nosso interior do frio exterior ou se protege o exterior do nosso frio interior.