Canção do dia

“Tears In The Typing Pool” – Broadcast

Se pedissem à tristeza para criar uma playlist para levar para uma ilha deserta, certamente que esta música faria parte. Não a conheço pessoalmente, mas diz-se muito amiga de uma tal de melancolia. Também ela uma garota gira, mas a coisa facilmente pode dar para o torto. Pelo menos com a tristeza já se sabe com o que contar.

E o que confere a esta canção o mérito de tal pódio? Como o tão popularucho ditado diria, “uma tristeza nunca vem só”. Debaixo do pano do fim de uma relação, há o descortinar de um fim maior, mais cruel e finito, como só a morte sabe ser.

Comments (0)

Comente