Arto Lindsay – Mundo Civilizado (1997)

Mundo Civilizado é um disco totalmente sedutor. Um toque de bossa, um cheirinho a eletrónica, uma pitada de art pop jazzístico, boas canções, e está feita a festa!

Arto Lindsay – Cuidado Madame (2017)

Não é necessário qualquer cuidado especial com este Cuidado Madame. Arto Lindsay regressa em boa forma. Atlético e musculado quanto baste, mas também capaz de se espreguiçar voluptuosamente.

Arto Lindsay – O Corpo Sutil [The Subtle Body] (1996)

Um breve preâmbulo para dizer que escrevo este texto enquanto ouço o disco sobre o qual redijo. Sintonia perfeita, portanto. E mais: conheço O Corpo Sutil (The Subtle Body) há tanto tempo, que nem sei quantas vezes já o ouvi…