Canção do dia

“Cantar Alentejano” – José Afonso

Menos é mais, pensou José Mário Branco quando chegou a hora de encenar “Cantar Alentejano”, a comovente elegia a Catarina Eufémia. O dedilhado da viola é tão bonito, e o falsete de José Afonso tem tanta dor, que Zé Mário não lhe acrescentou absolutamente nada. Sábia decisão: quando Zeca a grava, ao primeiro take, já na escuridão da noite, José Mário e Francisco Fanhais começam a chorar.

Comments (0)

Comente