JP Simões: “Se eu tiver uma essência são estas coisas que canto”

À boleia do novo disco de Bloom, Drafty Moon, estivemos à conversa com JP Simões. Entre cigarros e imperiais, falámos de tudo um pouco: do mestre Bowie, da vaca do capitalismo e de um certo existencialismo incomodado…