Canção do dia

“Muadikime” – Bonga

Em 1972 Portugal começava a viver o fim do Império. Eram tempos de revolução e se para os brancos africanos da diáspora portuguesa a vida continuava boa, para os africanos negros as coisas tardavam em melhorar. José Adelino Barceló de Carvalho, mais conhecido por Bonga Kwenda era uma das vozes que exigia a liberdade de Angola. Antigo militante MPLA, Bonga cantava em Umbundu, dialecto proibido pelo Governo de Lisboa, deste modo resistindo à tentativa de aculturação da Portugal e mantendo as tradições seculares angolanas.