Canção do dia

“Is It Because I’m Black” – Syl Johnson

Martin Luther King tinha sido assassinado em abril do ano anterior. Como continuar a seguir a receita de cantar sobre Deus, cantar alegremente, entoar esperançosamente que um dia a mudança haveria de chegar, sorrir para a câmara e sonhar com dias melhores? Se as mudanças já não se cantavam a bem, iam cantar-se a mal.

Em 1969, Syl Johnson, um cantor de soul e blues nascido no Mississippi, em 1936, mas que se mudou para Chicago com a família em 1950, já tinha tocado e cantado com Howlin’ Wolf e Freddie King, já era músico e produtor e já revelara dedo para tornar canções em hits. Eis quando Syl, grande cantor, homem que conhecia o groove como a palma da mão, lança esta cantiga que também se viria a tornar um sucesso, ainda que em breve esquecida. E faz a pergunta que ainda hoje provavelmente e infelizmente é pertinente: os sonhos não se tornam realidade, será por ser negro? Há algo a retê-lo, será por ser negro?

And some of us, we’ve tried so hard
We’ve tried so hard, we’ve tried so hard
We’ve tried so hard, so hard to be somebody
We’ve tried so hard, although, they’re holding us back
And it stairs the reason, that they’re doing us like that
You know what? It is
I believe, it is because we are black
But hey, we can’t stop now, we can’t stop now
We’ve got to keep on, keep on, keep on, keeping on

Comentários (0)

Escrever resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *