André Sousa
65 Articles0 Comments

Sting – Symphonicities (2010)

Depois da aventura que foi a lucrativa tournée dos Police, mas com resultados musicais muito abaixo das expectativas, Sting voltou-se para o caminho da música clássica com contornos Pop. Primeiro foi com o excelente disco de alaúde “Songs from the…

Optimus Alive 2010 – Dia 1

O “Optimus Alive”é como se fosse um gigantesco “I-Pod”. É só meter lá música e depois cada um escolhe o que quiser. A única diferença é que em vez de darmos ao dedo, damos às pernas, saltitando de palco em…

Faith No More: O Regresso dos Renegados

Quando passarem 30 minutos da meia-noite, espera-se que a banda liderada por Mike Patton tome as rédeas do palco do Festval “Optimus Alive” e dê a Portugal mais um daqueles espectáculos digno de memória! Integrada na “Second Coming Tour”, esta…

Num DVD perto de Si: Rush – Beyond the Lighted Stage (2010)

< No panteão das grandes bandas, os canadianos Rush sempre foram uns outsiders. A imprensa ou a comunidade musical nunca se esquece de reverenciar o papel dos Beatles, dos Stones, dos Zeppelin, dos Metallica ou dos Nirvana na história do…

Slash – Coliseu dos Recreios – 23.06.2010

Era meia-noite em ponto, do palco ouvia-se: “Are You Ready to Go to: Paradise City?” Foi a última frase proferida pelo vocalista Myles Kennedy antes de Slash introduzir a música que levaria (um quase esgotado) Coliseu dos Recreios à beira…

Num DVD perto de Si: When You’re Strange: A Film About The Doors (2010)

“The movie will begin in five moments/The mindless voice announced/All those unseated will await the next show” É com esta declamação de Jim Morrison que começa o mais conhecido filme dos Doors, assinado por Oliver Stone em 1991. Passados quase…

Marillion – Script For a Jester’s Tear (1983)

O Punk e a New Wave fizeram tanta mossa nos velhos “dinossauros”, que no inicio da década de 80, não sobrava quase pedra sobre pedra das velhas bandas de Rock Progressivo. Os Genesis tinham-se transformado numa banda Pop liderados pelo…

Stone Temple Pilots – Stone Temple Pilots (2010)

Com a década de 10 a privilegiar cada vez mais o revivalismo dos anos 90, surge mais um nome na lista dos “regressos”. Desta vez são os Californianos (de San Diego) Stone Temple Pilots que decidem por fim a um…

Led Zeppelin – Led Zeppelin (1969)

Na viragem da década de 60 para 70, os Led Zeppelin eram o maior balão musical, capazes de rebentar com a indústria rock…

Love – Forever Changes (1967)

Há mais que pretextos para ouvirmos este disco muitas vezes sem nunca nos fartarmos. Ele não é nem indie, nem rock, nem pop, nem jazz, é simplesmente Forever Changes, um dos melhores discos de sempre da história a par de Sgt. Pepper ou Pet Sounds. Obrigatório!

Hole – Nobody’s Daughter (2010)

A seguir a Yoko Ono, o posto de “ maior triste viuvinha” do Rock n Roll vai inteirinho para Courtney Love. Uma das figuras mais controversas do “showbiz”, ninguém pode negar que ela sabe melhor do que ninguém como sobreviver…

Black Sabbath – Black Sabbath (1970)

Tudo tem um início. E se o género Heavy (“Bloody”) Metal tem um “início”, a sua fonte vem directamente daqui. Do aço, do fogo, da poluição, das fábricas, dos céus cinzentos, da falta de melhores oportunidades, da frustração, da raiva das ruas de Birmingham…

Caravan – In The Land of The Grey and Pink (1971)

Quem disse que o Rock Progressivo não era capaz de soar melodiosamente e com alguma sensibilidade Pop, de certeza que nunca ouviu In the Land of the Grey and Pink dos Caravan. Uma obra imaculada que misturou na perfeição as…

Peter Frampton – Thank You Mr. Churchill (2010)

Ora aí está mais um regresso de um dos grandes “desaparecidos em combate” do Rock: Mr. Peter Frampton! Com uma carreira que já conta com mais de 40 anos de actividade, 15 discos de estúdio, o grande salto para fama…

Steve Hackett – Out of the Tunnel’s Mouth (2009)

Se Peter Gabriel se virou mais para a “World Music”; se Tony Banks se dedicou à composição de álbuns orquestrais menores; se Mike Rutherford encetou por caminhos completamente comerciais e Phil Collins fez as porcarias baladeiras que fez…sobra alguém que…

Metallica – Pavilhão Atlântico – 18.05.2010

Os Metallica são uma instituição. Então em Portugal eles são quase uma religião. Ontem perante um Pavilhão Atlântico (transformado em “Catedral de Metal”) a transbordar pelas costuras, os” fieis“ metaleiros gritaram, cantaram, “mosharam” e veneraram todos os acordes, todos os…

Metallica – Master of Puppets (1986)

Pode ter parecido há séculos, mas houve uma altura em que os Metallica eram provavelmente o porta-estandarte do Heavy Metal. Não só porque inventaram (acidentalmente) um género que ficou para a história como Thrash Metal, bem como terem sido dos…

Fleetwood Mac – Rumours (1977)

Após terem passado metade da década de 70 (musicalmente) à deriva com inúmeras mudanças de formação, discos menores e uma “pedra no sapato” chamada Peter Green, os Fleetwood Mac foram apanhados de surpresa pelo sucesso do seu álbum homónimo de…