Os melhores discos internacionais de 2018

Estas são as nossas escolhas internacionais do ano.

“Inframince” – Lucrecia Dalt

Estávamos em 2015. Ouvidos de puto do indie que ainda estava a dar os primeiros passos na música exploratória. Budapeste, Trafó House, Lucrecia Dalt. Ou: como mudar a minha vida. Apaixonado. Por ela, pela outra ela, e pelo mundo. Procurar,…

Playlist da Semana: Exploratórias

Celebremos o experimentalismo no feminino com a playlist desta semana.