A Place to Bury Strangers: a conversa que dura para sempre

Oliver, Dion e John falam connosco sobre concertos que não existiram, de azares, do génio de Emil Nikolaisen, de destruir salas e das bandas que APTBS escolhem como as mais intensas de sempre.

Tokyo Police Club – Forcefield (2014)

Forcefield remete-nos para um conceito constante em qualquer infância feliz e activa. Campo de forças: uma barreira de energia capaz de proteger o que envolve de ataques / intrusões exteriores. A nossa pequenez da altura, repleta de um imaginário espacial…