Canção do dia

“Carbon 12” – Jlin

Jlin é uma força singular da natureza. Sabemo-lo de Dark Energy (2015) e Black Origami (2017), mas foi em 2018 que a artista norte-americana nos mostrou um outro seu lado. “Carbon 12”, tema de Autobiography, disco lançado no ano passado enquanto banda sonora para o bailado de Wayne McGregor com o mesmo nome, é um exemplo disso, ainda que certamente não o mais extremo – ouça-se as maravilhosas texturas que compõem a faixa de abertura do disco, por exemplo.

Aos ouvidos mais atentos, será aparente a referência ao minimalismo de Steve Reich, com um arpeggio de marimba certeiro e ritmado a surgir como calma (se é que é possível falar nisso quando se fala de Jlin) no meio dos ritmos estilhaçados e nos sintetizadores laminados que tanto são a assinatura da música de Jerrilynn Patton. Também Midori Takada nos poderá vir à cabeça, nas ambiências populadas por percussões africanas que surgem depois da chuva de marimba – também um dos instrumentos de eleição da percussionista japonesa. No fundo, “Carbon 12” é mais uma reformulação digital de géneros, ritmos e sons como só Jlin sabe fazer.