JARV IS… – Beyond the pale (2020)

O homem dos Pulp regressa com uma nova banda, novos caminhos musicais e a mestria de sempre O último disco a solo de Jarvis Cocker, o corpo e alma dos incontornáveis Pulp, já tem mais de dez anos, mas o…

David Sylvian – Approaching Silence (1999)

Neste final de ano, ou em qualquer outro, tão cheio de sons em festa, é bom mudar um pouco o registo e recordar que também somos silêncio e quietude.

A morte de Holger Czukay chegou aos 79 anos

O mítico baixista dos Can.

Ryuichi Sakamoto – async (2017)

Depois de muitos anos de silêncio, o yellow magic man está de regresso. Vem com mais de duas mãos cheias de belíssimos temas. Vem renovado e com vigor, mas também repleto de uma mágica melancolia que me enche o peito de contentamento.

Scott Walker – Scott (1967)

Cinquenta anos é quase a minha idade e 1967 foi também o ano em que surgiu Scott. Fomos envelhecendo os dois e tornámo-nos bons amigos. Eu ouço-o assiduamente, e ele nunca me nega o conforto das suas excelentes interpretações.

Canção do dia: I Surrender – David Sylvian

David Sylvian é um nome injustamente esquecido por muita gente. Desde o tempo dos Japan que Sylvian tem feito uma obra exemplar, sobretudo a partir do momento em que enveredou pela carreira a solo. “I Surrender” é apenas um bom…

Queen Elizabeth – Queen Elizabeth 2: Elizabeth Vagina (1997)

Tenho o silêncio em muito boa conta. Há mesmo momentos em que não prescindo da dose certa desse vazio, digamos assim. Por isso, tenho ainda em melhor conta o silêncio musicado deste disco. Chama-se Queen Elizabeth 2: Elizabeth Vagina (Head Heritage…