Como um gato do Japão: as sete vidas que Bowie nos deu

Há tanta heterogeneidade no seu percurso – no estilo de vida, aparência, sexualidade, drugs of choice, música que fez – que parece que Bowie não viveu uma vida mas muitas, “like a cat from Japan”, como o próprio nos chamou a atenção em “Ziggy Stardust”.

Canção do dia: Lazarus – David Bowie

Ao longo dos seus 69 anos de vida e mais de cinquenta de carreira, apresentando um currículo invejável de vinte e sete álbuns, quarenta e nove compilações, seis EPs e cento e vinte singles, Bowie nunca se deixou ficar pelo…

Canção do dia: A New Career In A New Town – David Bowie

David iniciava uma nova etapa da sua vida em Berlim. Soçobrado pela droga, a recuperação seria lenta e dolorosa. Encontrava-se num estado, à presença de pior expressão, low. Todavia, a faixa é optimista. Ofuscantemente optimista. Talvez houvesse esperança ao fundo…

A inquieta certeza da dúvida

Traços finos, rosto perfeito, corpo discreto, facilmente confundível com um anjo ou algo de angelical em forma humana. Natureza permanentemente inquieta, insegura, insatisfeita. Podia ter sido pintor, mas optou pela música. Interrogou-se, multiplicou-se para melhor se conhecer, perdeu-se a meio…

David Bowie – Let’s Dance (1983)

Let’s dance to the song / they’re playin’ on the radio Como começar o último texto sobre os álbuns mais marcantes de David Bowie? Explicando a escolha. Depois de uma década de 1970 especialmente profícua (não foi apenas a melhor…

Canção do dia: Soul Love – David Bowie

“Soul Love” é o segundo tema da obra-prima em formato rock chamada The Rise and Fall of Ziggy Stardust and the Spiders from Mars. Depois da visão pré-apocalítica de “Five Years”, “Soul Love” vem, de mansinho, como uma brisa de…

“Rebel Rebel” – David Bowie

“Rebel Rebel” é uma canção de Bowie que os Stones gostariam de ter feito. Mas é também, e isso é muito fácil perceber, uma canção em que Bowie se aproxima em tudo do som da banda inglesa, até na forma…

David Bowie – Lodger (1979)

Lodger é o último álbum da trilogia de Berlim. Se Station To Station serviu como um álbum de transição entre a “Plastic Soul” de Young Americans e os dois primeiros álbuns da trilogia, Lodger encerrava esse capítulo, servindo também como…

Canção do dia: Young Americans – David Bowie

Em 1975 já não havia Ziggy. Onde antes havia um desejo tremendo de fazer Rock, surgia uma vontade de incursar na Soul americana. Bowie juntou vários músicos de Funk e Soul, incluindo Carlos Alomar, guitarrista que o iria acompanhar durante…

David Bowie – Heroes (1977)

Quando no final de 1976 se mudou de malas e bagagens de Los Angeles para Berlim, David Bowie estava à beira do abismo. Mesmo com “Fame” e “Golden Age” a vingar nos tops do ano anterior, Bowie estava na falência…

“Starman” – David Bowie

“Starman” marcou uma época. A canção foi o single de The Rise and Fall of Ziggy Stardust and the Spiders From Mars, o álbum que apresentou Ziggy Stardust como a primeira persona das muitas que David Bowie viria a adoptar ao longo…

David Bowie – Low (1977)

Este texto, beneficiado pela historiografia, já conhece o feliz (e recheado) destino artístico de David Bowie – que, mesmo post-mortem, se prolongou. Mas e se, em 1976, a carreira de David Bowie tivesse terminado, afogada pelas mágoas de um casamento…

Canção do dia: Fame – David Bowie

Como é que um inglês branco com carreira no rock n’ roll acaba no Soul Train, mítico programa televisivo norte-americano que teve um impacto profundo na música negra – e se dedicou a apresentá-la, ao longo de 35 anos, em…

David Bowie – Station To Station (1976)

Escolher um disco de David Bowie para constar neste Especial, não foi tarefa fácil. Mas também não foi hercúlea, visto que, a meu ver, só um outro disco mereceu a minha forte ponderação para com este disputar a primazia. Não…

Canção do dia: Word on a Wing – David Bowie

Retirada de Station To Station, a canção “Word on a Wing” é uma das minhas preferidas do imenso rol de temas que David Bowie nos deixou. E é também, uma vez mais, a prova de que o sofrimento humano pode…

David Bowie – Young Americans (1975)

Ziggy Stardust deu a David Bowie a fama de que ele precisava, mas não necessariamente a que queria. O alienígena andrógino, descido à terra para salvar o mundo com mensagens de paz e de amor, acabou por se tornar num…

“Oh! You Pretty Things” – David Bowie

Como tantas outras vezes mais, Bowie trouxe-nos criaturas alienígenas (por vezes, levou-nos até elas), para que soubéssemos que há lugar para todos no universo.