Elizabeth Cotten

Elizabeth Cotten nasceu em 1895 num sítio qualquer no North Carolina, sim era neta de escravos. Aos oito anos começou a roubar a guitarra ao irmão quando ele saía de casa e por ser canhota e ele não, Libba foi…

George Harrison – Electronic Sound (1969)

Quando em 1968 os Beatles decidiram avançar por conta própria criando a sua própria editora, Apple, o mundo parecia estar sob a sua alçada. Talvez levados por um crecente ego, nomeadamente John e Paul, acharam que podiam ser, ao mesmo…

Sigur Rós – Ágaetis byrjun (1999)

Ao contrário do que muitos pensam, Ágaetis Byrjun não é o primeiro álbum dos Sigur Rós. Na realidade, esta banda islandesa formou-se 5 anos antes do lançamento deste álbum, período no qual lançou Von e uma colecção de remixes baseada…

Phil Niblock em Lisboa

Para quem ficou curioso com o meu post acerca de Phil Niblock, têm uma oportunidade única de ver um dos mais influentes compositores contemporâneos em… Lisboa. Perdê-lo seria como terem perdido Stockhausen. Quarta, 20 de Janeiro às 22.00h na ZDBPHILL…

Pearl Jam – No Code (1996)

Corria o ano de 1996. Após 3 anos em que foi a grande força motora do mainstream (1992-1994), MTV e afins, e mais dois pós-morte do Kurt Cobain em que foi definhando aos poucos, a cena musical rotulada de “grunge”…

The Killers – Sam’s Town (2006)

A Estreia dos Killers no mundo da música surge em 2004 com Hot Fuss e, em tudo teve a ver com a sua cidade natal, Las Vegas. Músicas muito flashy, cheias de cor e movimento mas ao fim e ao…

George Harrison – All Things Must Pass (1970)

All Things Must Pass revela um George maduro e conselheiro no que toca às relações amorosas ou agruras da vida em geral.

Black Rebel Motorcycle Club – Howl (2005)

Se o primeiro disco, B.R.M.C., trouxe a banda para a ribalta como uma nova esperança do rock alternativo, Howl faz-nos crer que temos uma banda mais completa do aquilo que se pensava.

The National – Boxer (2007)

Boxer foi o álbum que me fez descobrir os The National. Bem sei que foi mais tarde do que poderia ter sido, uma vez que é o quarto álbum da banda e o seu antecessor, Alligator já tinha tido algum…

The Kinks – Lola vs. the Powerman & the Money-Go-Round, Pt. 1 (1970)

The Kinks: um nome que muitos já ouviram falar aqui e ali. A banda que trouxe ao mundo “You Really Got Me”, uma das músicas mais emblemáticas da dita “British Invasion”, no entanto os Kinks nunca tiveram a importância dos…

Super Bock em Stock 2009

Foi hoje, finalmente, revelado o cartaz completo de um dos acontecimentos mais importantes da música em Portugal. Os nomes do cartaz da 2.ª edição do Super Bock em Stock são: Sexta-feira, 04 Dezembro Sábado, 05 Dezembro Teatro Tivoli The Legendary…

The xx – XX (2009)

Eis-nos deparados com o hype do momento. The xx. Nome invulgar, não revela muito e, obviamente, faz suscitar a curiosidade. Formados por um grupo de garotos de Londres ainda em fase universitária, os xx são o que se pode catalogar…

I want you so bad it’s driving me mad

Há um tempo já que não escrevo neste placard, por me achar um erro de casting: as minhas opiniões não são nunca partilhadas por ninguém e as sugestões musicais ignoradas, tal como o vento ignora farinha de padeiro. Por outro…

Kings of Leon – Youth & Young Manhood (2003)

Em Youth & Young Manhood, os miúdos evangélicos Followill tornam-se homens, abraçando o som lascivo e com cheiro a gasolina do velho rock n’ roll. Nasciam assim os Kings of Leon.

Kula Shaker – Peasants, Pigs & Astronauts (1999)

Imaginem que o George Harrison teve um filho. Quer dizer, ele teve mesmo mas disso falaremos mais tarde. Imaginem que a sua incursão pela cultura ocidental nos anos sessenta e maturada nos anos setenta tinha dado um fruto que viria…

Yellow Moon Band – Travels Into Several Remote Nations Of The World (2009)

2001 ou 2010. Espaço 1999. Solarys. Podia aqui dizer mais mas “the point is taken” em relação ao tema desta banda. O espaço sideral e as suas longíquas viagens reinam por entre riffs, acordes lentos como uma viagem espacial, rápidos…

Sinais dos Tempos

Rock is dead ou é simplesmente a música e o seu veículo que estão: a) a morrer?; b) a mudar? c) a dar a volta? Nesta minha pequena visita a Nova Iorque constatei um facto que já tinha percebido em…

Retro

Em vários posts aqui neste blog tenho-me deparado com redescobertas de bandas dos anos 60 e 70, positivamente descritas como progressistas ou de vanguarda. A maioria desses grupos, trazidos essencialmente pelo Frederico Mustarda, eram desconhecidos na sua altura, excepto talvez…