Canção do dia

“Evaporar” – Little Joy

“Quem dá o que tem, a mais não é obrigado”. Polémico, mas certeiro. Até porque, no âmbito de uma sociedade individualista, custa admitir que queremos tanto, sem muitas vezes dar aquilo que é necessário para ter de volta uma dose sã do que se precisa. Aqui, o senso comum é o Deus invisível. E se os perpetradores dos atrozes crimes de egoísmo o pregassem à cruz aquando dos seus actos de distúrbio desta que devia ser uma naturalmente equilibrada balança, certamente não haveria cruzes suficientes. E aí entrariam noutro grau de crimes contra a humanidade pela quantidade de árvores que morreriam em prol dos seus umbiguismos.

Neste tema, Rodrigo Amarante e os seus Little Joy, captam a simplicidade naturalmente bela de um poema acompanhado de um “violão”, onde se espreme o sumo das verdades não absolutas – mas cada vez mais verdadeiras – sobre este jogo mirabolante do dar e receber.

Comments (0)

Comente