Talvez Relacionado #26

A de hoje é esta – os Silversun Pickups, com “Substitution”. Dizem as estatísticas que…

The Doors – L.A. Woman (1971)

Há algo de tão triste mas no entanto tão belo quando o melhor álbum de…

Vampire Weekend – Vampire Weekend (2008)

No ocaso da década de 2000, os Vampire Weekend agarraram nas suas influências e fizeram um dos melhores discos do indie. Meteram Paul Simon e Wes Anderson na batedeira e voilà: um disco intemporal.

Pearl Jam – No Code (1996)

Corria o ano de 1996. Após 3 anos em que foi a grande força motora…

The Killers – Sam’s Town (2006)

A Estreia dos Killers no mundo da música surge em 2004 com Hot Fuss e,…

George Harrison – All Things Must Pass (1970)

All Things Must Pass revela um George maduro e conselheiro no que toca às relações amorosas ou agruras da vida em geral.

Lynyrd Skynyrd – Gimme Back My Bullets (1976)

“I’m not tryin’ to put down no big cities But the things they write about…

The Brian Jonestown Massacre – Their Satanic Majesties’ Second Request (1996)

Misturando o nome do mítico guitarrista dos Rolling Stones, Brian Jones, encontrado morto na piscina…

Black Rebel Motorcycle Club – Howl (2005)

Se o primeiro disco, B.R.M.C., trouxe a banda para a ribalta como uma nova esperança do rock alternativo, Howl faz-nos crer que temos uma banda mais completa do aquilo que se pensava.

Devendra Banhart – Cripple Crow (2005)

E de repente o freak que tocava sozinho com a sua guitarra aliado aos seus…

The National – Boxer (2007)

Boxer foi o álbum que me fez descobrir os The National. Bem sei que foi…

The Kinks – Lola vs. the Powerman & the Money-Go-Round, Pt. 1 (1970)

The Kinks: um nome que muitos já ouviram falar aqui e ali. A banda que…

Stereo Alligator

Press Release: Com o álbum de estreia homónimo a ser editado no primeiro trimestre de…

Creedence Clearwater Revival – Cosmo’s Factory (1970)

Digam-me que são básicos, que são quadrados, que são orelhudos, que são tradicionais. E eu…

Julian Casablancas – Phrazes for the Young (2009)

Eis-nos chegados ao fim da década e quem é que está lá para fechar o que começou? Nada mais nada menos do que Julian Casablancas, vocalista e líder da banda Nova Iorquina Strokes.

Beirut – The Flying Club Cup (2007)

Este é um disco incontornável da década. Um disco que se ouve do início ao…

Mayer Hawthorne

Era uma vez um branco que pensava que era preto.Era uma vez um tipo do…

Girls – Album (2009)

Uma pergunta que assola com certeza muita gente que gosta de música é “Como soaria…